Tamanho do texto

Valor igualaria o que ganha Neymar no PSG, mas ainda ficaria abaixo do salário de Messi no Barça; hoje, CR7 embolsa R$ 84 milhões fixos por ano

Não é novidade para ninguém que Cristiano Ronaldo demonstra insatisfação com o Real Madrid , ainda mais com as notícias de uma possível contratação de Neymar para o seu lugar. E para evitar uma situação pior, o clube merengue ofereceu um aumento de 9 milhões de euros (R$ 36 milhões) ao português para chegar a um salário anual de 30 milhões de euros (R$ 120 milhões), próximo ao que ganha o brasileiro no PSG. As informações são do jornal ABC .

Leia também: Jogadores do Real organizam jantar para convencer CR7 de permanecer no clube

Em nove temporadas no Real Madrid, Cristiano Ronaldo vive sua fase mais conturbada na atual
Reprodução/Real Madrid
Em nove temporadas no Real Madrid, Cristiano Ronaldo vive sua fase mais conturbada na atual

Sem o reajuste, Cristiano Ronaldo embolsa 21 milhões de euros (R$ 84 milhões) por ano - com os bônus, chega a 25 milhões de euros (R$ 100 milhões). Nas últimas semanas, a imprensa europeia tem noticiado que o português vive momento delicado com o Real. O cinco vezes melhor do mundo teria chance de deixar o clube após nove temporadas.

De acordo com o jornal espanhol El Mundo , o jogador gostaria de ganhar o mesmo que Messi no Barcelona. Hoje, como falado, ele recebe 21 milhões de euros (R$ 84 milhões) fixos ao ano, já o argentino tem vencimentos que ultrapassam os 40 milhões de euros (R$ 155 milhões) anuais.

Leia também: Orlando City procurou Ganso para substituir Kaká, mas meia recusou, diz jornal

Já o jornal português Record revelou que esse desgaste entre jogador e clube não tem relação com o salário ou um pedido de renovação de contrato milionário, como informa a imprensa europeia nas últimas semanas, mas porque o craque ficou muito incomodado com a pecha de mercenário que lhe foi dada. "Não é pelo dinheiro. O problema não é a renovação", teria dito o jogador a pessoas próximas, segundo a publicação.

Ainda segundo o jornal da terra natal de CR7 , outro motivo de insatisfação dele com o Madrid foi o investimento considerado pequeno na montagem do atual elenco. Jogadores como Pepe (para o Besiktas), Morata (para o Chelsea) e James Rodríguez (para o Bayern de Munique) foram vendidos na última janela de transferências.

Leia também: Real Madrid pretende investir R$ 2 bilhões em reforços da Inglaterra, diz jornal

Outra coisa que chateou Cristiano Ronaldo foi a postura do clube no julgamento por ser expulso e empurrar o árbitro no clássico contra o Barcelona. Ele teria se sentido abandonado pelo Real. "O recurso foi uma formalidade, a defesa pública foi quase inexistente", diz o jornal. Na ocasião, CR7 foi suspenso por cinco jogos.

Em campo

A situação do Real Madrid de Zidane e Cristiano Ronaldo em campo não é das melhores. No Campeonato Espanhol, ocupa apenas a quarta colocação, com 38 pontos e 19 atrás do líder Barcelona (com um jogo a menos). A próxima partida é neste sábado, contra o Levante, fora de casa. Já na Liga dos Campeões, o clube merengue enfrentará o PSG de Neymar nas oitavas de final. A primeira partida acontece na quarta-feira, dia 14, em Madri.

    Leia tudo sobre: futebol