Tamanho do texto

Trevor Sinclair participou da Copa de 2002 com a seleção da Inglaterra e foi condenado pela Justiça britânica; crime aconteceu em novembro de 2017

O ex-jogador da seleção inglesa e comentarista esportivo da BBC , Trevor Sinclair , foi condenado nesta terça-feira pela Justiça britânica por dirigir embriagado, fazer comentários racistas contra policiais e urinar em uma viatura policial quando abordado. 

Leia também: Gabriel Jesus confirma que não precisará passar por cirurgia no joelho

O ex-jogador Trevor Sinclair participou da Copa do Mundo de 2002 com a Inglaterra
Divulgação
O ex-jogador Trevor Sinclair participou da Copa do Mundo de 2002 com a Inglaterra

Hoje com 44 anos, Sinclair atua em uma campanha contra o racismo e o caso ganhou mais repercussão justamente por isso. O crime aconteceu no dia 12 de novembro, quando a polícia foi informada que havia ocorrido um indicente na casa do ex-jogador , em Blackpool, e que mesmo tendo bebido, ele tinha saído com o carro.

Após os policiais descobrirem o modelo e a placa do veículo, eles foram atrás e o encontraram parado no meio de uma rodovia após bater no carro de uma mulher. Ela contou que questionou Sinclair sobre o que havia acontecido e que ele estava embriagado.

Leia também: Vivendo boa fase no Barcelona, Paulinho triplica o seu valor de mercado

A polícia fez o teste do bafômetro e constatou que Sinclair havia ingerido o dobro de álcool permitido pelas leis britânicas. Depois disso, ele foi conduzido a uma viatura e foi agressivo com os agentes.

Segundo os depoimentos, ele ficou repetidamente perguntando se estava sendo preso por ser negro e xingou os policiais de brancos de m*****. Após um tempo, os agentes perceberam que a calça do ex-jogador estava molhada e que ele tinha urinado na viatura.

Leia também: Jogador da Roma se desculpa após aparecer bêbado e fumando em vídeos de Ano Novo

No julgamento, o ex-meia, confirmou todos os crimes pelo qual estava sendo julgado. Ele foi condenado a 150 horas de serviços comunitários por perturbação a ordem pública e ficará 20 meses sem poder dirigir.

Nick Freeman, advogado do ex-jogador, afirmou que seu cliente estava "envergonhado, genuinamente se sentindo culpado e, acima de tudo, queria pedir desculpas ao policial".

Carreira

Trevor Sinclair e ex-jogador do West Ham e Manchester City, entre outros clubes na Inglaterra. Em 2002, participou da Copa do Mundo com a seleção inglesa e foi um dos eliminados pelo Brasil, nas quartas de final, por 2 a 1.

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais


    Leia tudo sobre: futebol