Tamanho do texto

"Jogar de meio-campista no seu lugar não seria grande ideia", brincou o experiente goleiro, que se aposentou da seleção após desclassificação

O experiente goleiro italiano Gianluigi Buffon viveu recentemente um dos momentos mais tristes de sua carreira ao não conseguir classificar sua seleção para a Copa do Mundo . Isso, no entanto, não tirou o bom humor do arqueiro da Juventus .

Leia também: Uefa abre votação de time do ano com seis brasileiros, mas sem Gabriel Jesus

Buffon não participará da Copa de 2018 e Rakitic ofereceu a vaga dele devido ao enorme respeito que tem pelo goleiro
Divulgação
Buffon não participará da Copa de 2018 e Rakitic ofereceu a vaga dele devido ao enorme respeito que tem pelo goleiro

Isso porque em entrevista na última terça-feira antes da partida pela Liga dos Campeões nesta quarta, o meia do Barcelona, Ivan Rakitic , afirmou que cederia o seu lugar no Mundial do ano que vem a Buffon , por conta do enorme respeito que tem pelo goleiro que já foi a cinco Mundiais.

"Qualquer garoto que escreve sua seleção ideal em um papel coloca Buffon no time. Estou certo que todos que viram a entrevista depois do jogo da Itália (contra a Suécia) tiveram vontade de chorar também", afirmou Rakitic. "Eu daria meu lugar (na Copa do Mundo) a Buffon. Tenho muito respeito por ele. É uma pena que ele não possa se despedir em um último Mundial", acrescentou.

Leia também: Uefa pode punir Milan por não cumprir "fair play financeiro"

Após a repercussão, Buffon se pronunciou sobre a situação e agradeceu ao meia que joga pela seleção croata, além de brincar sobre a nova posição que ele jogaria caso aceitasse a oferta.

"Querido Ivan, de goleiro poderia até aceitar sua oferta, mas jogar de meio-campista com a Croácia no seu lugar não seria grande ideia... Digo para seu próprio bem. Brincadeiras à parte, suas palavras foram um enorme presente para mim. Muito obrigado e minha camiseta espera por você", publicou nas redes sociais o goleiro.

Os dois se enfrentam nesta tarde pela quinta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, em Turim. No jogo de ida, na Catalunha, o Barcelona venceu por 3 a 0, sendo que Rakitic, inclusive, fez um dos gols.

Foi por pouco

Buffon ficou próximo de se tornar recordista em participações de Copas, já que jogou em 1998, 2002, 2006 (campeão), 2010 e 2014. Na repescagem europeia, no entanto, a Azzurra foi eliminada pela Suécia depois de perder fora de casa por 1 a 0 e empatar sem gols em Milão. Após a partida, a lenda resolveu se aposentar da seleção italiana e desabafou.

Leia também: Técnico do Sevilla é diagnosticado com câncer maligno na próstata

"É difícil terminar assim. Temos orgulho, força... Nos levantaremos como sempre fizemos. Eu deixo um abraço para todos, especialmente para os que compartilharam esse tempo comigo. Não sinto muito por mim, mas por todo o futebol italiano. Nós falhamos", disse Buffon, emocionado, ainda no gramado do San Siro.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.