Tamanho do texto

Ex-jogador comparou a transação de Neymar com a sua, quando deixou o Barcelona em 1997 para jogar na Internazionale de Milão

Ronaldo vê semelhanças na saída de Neymar do Barcelona com a sua, que aconteceu em 1997
Reprodução
Ronaldo vê semelhanças na saída de Neymar do Barcelona com a sua, que aconteceu em 1997

Longe dos gramados desde 2011, Ronaldo Fenômeno agora foca no mundo dos negócios. Como empresário, a agência do ex-jogador cuida dos direitos de imagem de Gabriel Jesus. Em entrevista à revista Veja , o três vezes melhor do mundo deu seu pitaco sobre a mudança de Neymar do Barcelona para o PSG e ainda afirmou que são histórias muito parecidas.

LEIA TAMBÉM: Neymar e treinador do PSG vivem momentos de tensão, diz jornal

O ex-jogador, de 41 anos de idade, comparou a saída do jovem brasileiro do clube espanhol, com a sua, que aconteceu em 1997. "A saída do Neymar do Barcelona foi parecida com a minha. Se bem que eu fui para a Inter de Milão quando o campeonato italiano era bem mais forte do que o francês é hoje. Mas sou a favor do desafio, isso me motiva muito", disse Ronaldo.

Questionado sobre os motivos que levaram o camisa 10 do PSG a deixar o Barça, o Fenômeno deixa claro que não sabe detalhes da transação. "Não sei o que existe por trás da negociação, pode ter havido problema com a diretoria do Barcelona, como foi o meu caso", afirmou.

LEIA TAMBÉM: Parça de Neymar revela quadro com Marquezine na casa do craque em Paris

Neymar descontente em Paris

Deixar o Barcelona para ir ao Paris Saint-Germain fez com que Neymar se tornasse a transição mais cara da história do futebol mundial. Foram 222 milhões de euros gastos pelo clube francês para trazer o brasileiro à terra dos croissants e apesar da quantia, o jogador estaria arrependido de ter aceitado a proposta. Isso porquê, o atacante não está satisfeito com a nova vida na capital da França.

De acordo com a emissora espanhola  Betevé , Neymar teria confessado a alguns amigos próximos que a mudança para o PSG foi um erro. Além de preferir a cidade da Catalunha para residir, os problemas profissionais no clube não param de aparecer. Como se não bastasse a briga com o uruguaio Edinson Cavani, o brasileiro também não se daria muito bem com o treinador espanhol Unai Emery.

LEIA TAMBÉM: Grupo pró-Estado Islâmico usa Messi e Neymar em nova ameaça à Copa de 2018

Segundo a publicação, o camisa 10 discorda de alguns métodos de treino do técnico espanhol, que são menos práticos e mais teóricos. Apesar ainda de possuir a companhia de outros vários brasileiros e amigos como Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva, para Neymar, a vida em Paris "não está sendo o que ele esperava".

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.