Tamanho do texto

Bola que irá rolar nos gramados da Rússia foi inspirada na década de 1970

Quem quiser ver de perto o campeão da Copa do Mundo levantar essa taça terá que desembolsar entre R$ 326 e R$ 3.500
Divulgação/Fifa.com
Quem quiser ver de perto o campeão da Copa do Mundo levantar essa taça terá que desembolsar entre R$ 326 e R$ 3.500

O site Footy Headlines , especializado em artigos esportivos, divulgou na manhã desta quinta-feira (26), imagens da bola que será utilizada na Copa do Mundo de 2018, na Rússia . O modelo foi totalmente inspirado na usada no Mundial mexicano do ano de 1970, quando, inclusive, a seleção brasileira conquistou seu tetracampeonato.

LEIA TAMBÉM: Gastos da Rússia com a Copa 2018 aumentam em quase R$ 2 bilhões

O nome escolhido também é o mesmo batizado na bola usada durantes as décadas de 60 e 70, Telstar. A divulgação oficial da pelota está prevista para acontecer em 9 de novembro, mas a expectativa é de que o artigo utilizado seja exatamente como o publicado pelo portal.

Veja a Telstar 18:

Telstar 18 será a bola utilizada na Copa do Mundo da Rússia
Reprodução
Telstar 18 será a bola utilizada na Copa do Mundo da Rússia

LEIA TAMBÉM: Grupo pró-Estado Islâmico usa Messi em cartaz de ameaça à Copa de 2018

A bola tem a base branca, com seis gomos gradientes nas cores preta e cinza e faz uma interpretação mais moderna da Telstar original, que possuía 36 gomos inteiramente pretos. No modelo de 2018, o logotipo da Adidas, da Copa do Mundo e o nome da bola são escritos em dourado. Todos os seis gomos são colados por meio de uma tecnologia sem costura.

Telstar da década 70 possuía 36 gomos inteiramente pretos
Reprodução
Telstar da década 70 possuía 36 gomos inteiramente pretos

LEIA TAMBÉM: Brasil pode ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2030; entenda

Vale ressaltar que por muitos anos, os nomes das bolas eram escolhidos de acordo com alguma ligação do país sede. Por exemplo, em 1978 na Argentina, o nome dado à pelota foi Tango. Quatro anos mais tarde, na Espanha, batizaram de Tango España. Os demais nomes foram Azteca (México 1986), Etrusco Unico (Itália 1990), Questra (EUA 1994), Tricolore (França 1998), Fevernova (Coreia do Sul/Japão 2002), Teamgeist (Alemanha 2006), Jabulani (África do Sul 2010).

No Mundial de 2014, que conteceu no Brasil, a bola se chamava Brazuca . O nome foi escolhido após uma votação que ocorreu com mais de um milhão de brasileiros. Com 77,8% dos votos, Brazuca desbancou os demais nomes como Bossa Nova e Carnavalesca. Foi nesta ocasião, a primeira vez que torcedores puderam contribuir para a escolha.

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais