Tamanho do texto

Meia saiu do campo de defesa, deixou zagueiro e goleiro para trás, e marcou gol na Superliga da Indonésia; ele merecia o prêmio de melhor arrancada

Fifa premiou os melhores do ano na última segunda-feira, em Londres, mas e se tivesse um prêmio dado ao jogador mais rápido do mundo, quem ganharia? Um forte candidato seria o meia indonésio Terens Puhiri , do Borneo FC.

Leia também: "Doeu na alma entregar o prêmio a Cristiano e não a Messi", revela Maradona

Terens Puhiri, jogador do Borneo FC, fez gol após dar arrancada à lá Usain Bolt
Reprodução
Terens Puhiri, jogador do Borneo FC, fez gol após dar arrancada à lá Usain Bolt

Para marcar o terceiro gol do seu time na vitória sobre o Mitra Kukar, em jogo válido pela Superliga da Indonésia, na segunda, o  jogador saiu do campo de defesa e deixou zagueiro e goleiro em uma arrancada absurda que lembrou a lenda Usain Bolt.

Assista ao lance abaixo

Premiação da Fifa

Cristiano Ronaldo foi o vencedor do prêmio "The Best" dado aos homens com 43,16% dos votos. Ele deixou para trás o argentino Lionel Messi, que foi preferido por 19,25%, e o brasileiro Neymar, que recebeu 6,97%, em um total de 24 candidatos. Apesar da posição, o atacante do Paris Saint-Germain recebeu menos votos do que em 2015, quando foi terceiro e teve 7,86%.

Assim como no ano passado, votaram técnicos e capitães das seleções masculinas filiadas à Fifa, um jornalista de cada país representado na entidade e por torcedores do mundo todo que se registraram no site da federação. O peso para cada um dos quatro grupos foi igual na eleição: 25%.

Leia também: Após tensão política, Real Madrid vai reforçar segurança em ida à Catalunha

As mulheres também foram premiadas e a holandesa Lieke Martens foi eleita a melhor jogadora de 2017. A melhor técnica foi Sarina Wiegman, que comanda a seleção holandesa. Juntas, elas conquistaram a Europa neste ano. Entre os homens, o melhor técnico foi Zinedine Zidane, do Real Madrid, que ganhou tudo na última temporada.

O italiano da Juventus Gianluigi Buffon foi eleito o melhor goleiro do ano. Ele compôs, ainda, a equipe ideal, formada por: Daniel Alves, Leonardo Bonucci, Sergio Ramos e Marcelo; Luka Modric, Toni Kroos e Iniesta; Neymar, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo.

Leia também: Brasil pode ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2030; entenda

O vencedor do prêmio Puskás, de gol mais bonito, foi o francês Olivier Giroud, pelo gol escorpião marcado com o Arsenal contra o Crystal Palace. A melhor torcida foi a do Celtic, pelo espetáculo apresentado na partida diante do Hearts. Na ocasião, os escoceses fizeram um lindo mosaico em homenagem ao título europeu da equipe. Francis Koné, jogador do Slovacko, da República Tcheca, recebeu o prêmio Fair Play.

    Leia tudo sobre: futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.