Tamanho do texto

Caso aconteceu em jogo da Série D do futebol italiano e lembra o que fez o volante Gabriel, do Corinthians, no clássico diante do São Paulo

O jogador italiano Giovanni Liberti , meio-campista do Turris Calcio , foi expulso de campo por causa de uma atitude inusitada durante a partida entre sua equipe e o Sarnese pela Série D, a quarta divisão, do futebol italiano.

Leia também: Messi tira pílula misteriosa da meia e ingere durante jogo do Barcelona; confira

Giovanni Liberti, jogador do Turris Calcio, urinou e fez gesto obsceno com seu órgão genital para a torcida adversária
Divulgação
Giovanni Liberti, jogador do Turris Calcio, urinou e fez gesto obsceno com seu órgão genital para a torcida adversária

Liberti estava se aquecendo no banco de reservas de seu time quando, inesperadamente, abaixou o calção, urinou em direção dos torcedores do clube adversário e fez gestos obscenos com seu órgão genital. A atitude revoltou a torcida do Sarnese, que exigiu a expulsão do jogador , confirmada pelo árbitro do jogo.

O caso foi parar na justiça desportiva, e Liberti ainda pegou uma suspensão de cinco partidas. O presidente do Turris, Antonio Colantonio, recorrerá da decisão, alegando que seu jogador estava "bebendo água" e "ajeitando a camisa para dentro do short".

Leia também: Mulher desembolsa R$ 120 mil para passar uma hora com Cristiano Ronaldo

Caso parecido

Recentemente, no Brasil, o volante Gabriel, do Corinthians fez algo parecido durante o clássico contra o São Paulo. Após o gol de empate do seu time, marcado por Clayson, o meio-campista virou para a torcida são-paulina, pegou em seu órgão genital e balançou.

Leia também: Acusado de má-fé, Neymar é multado em R$ 3,8 milhões pela Justiça brasileira

Declaração do volante Gabriel após a polêmica no clássico Majestoso.

Uma publicação compartilhada por Corinthians (@corinthians) em

Por conta da atitude lamentável, o jogador foi julgado e punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e perdeu dois jogos do clube do Parque São Jorge no Campeonato Brasileiro. Logo após o caso, Gabriel se manifestou publicamente e pediu desculpas, o que não adiantou em termos de suspensão.

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais


    Leia tudo sobre: futebol