Tamanho do texto

Danny Murphy, ex-jogador do Liverpool e da seleção inglesa, afirmou que o atacante brasileiro e do City "talvez seja o melhor jovem desde Messi"

A ótima fase que vive Gabriel Jesus no Manchester City não tem chamado a atenção somente dos torcedores e do técnico Pep Guardiola. Após a goleada sobre o Stoke City por 7 a 2, no último sábado, pelo Campeonato Inglês , o brasileiro, que fez dois gols, foi elogiado pelo ex-jogador e comentarista Danny Murphy .

Leia também: Luxo em Manchester! Faça um tour pelo condomínio onde mora Pep Guardiola

Gabriel Jesus se adaptou muito bem ao futebol inglês e vive ótima fase
Reprodução/Twitter/Premier League
Gabriel Jesus se adaptou muito bem ao futebol inglês e vive ótima fase

Murphy jogou no Liverpool, onde mais se destacou, no Tottenham, e em outras equipes da Terra da Rainha, além da seleção, e atualmente trabalha na rede britânica BBC . Para ele, Gabriel Jesus é a maior revelação do futebol mundial depois de Lionel Messi.

"Talento incrível. Voltou do Brasil depois de marcar dois gols. Ele adora marcar gols, sempre no lugar certo, na hora certa. Bom toque de bola, bom equilíbrio, tem coragem para disputar a bola. É rápido, tem uma esquerda decente, pede a bola para os outros. Posso dizer que talvez seja o melhor jovem jogador que vi desde Messi. Não digo que é bom como Messi, mas desde Messi... Acho que para quem tem 19, 20 anos, ele é absolutamente sensacional", afirmou o ex-meia de 40 anos.

Leia também: Parça de Neymar revela quadro com Marquezine na casa do craque em Paris

Alô mãe 🤙🏽 Well done guys! What a great victory 👏🏽 #alômãe #gratidão #doperi #ComeonCity #7x2🔥

Uma publicação compartilhada por Gabriel Jesus (@dejesusoficial) em

Recordes para trás

Murphy ainda destacou a boa fase que Jesus vive na seleção brasileira, onde foi artilheiro nas Eliminatórias, e disse acreditar em um bom futuro para ele no time de Manchester e ultrapassar os números do atacante argentino Sergio Agüero, maior artilheiro estrangeiro da história do City.

Leia também: Estão confirmadas as oito seleções cabeças de chave da Copa 2018; confira

"Ele deixa ótimos jogadores fora da seleção brasileira. Tomada de decisão para um jovem costuma ser difícil. Ele sempre parece tomar a decisão certa. Se ele continuar no City pode vir a bater todos os recordes que hoje são do Agüero", acrescentou.

    Leia tudo sobre: futebol