Tamanho do texto

Silvio Berlusconi não aprovou nova gestão do clube Rossonero, que já gastou mais de 200 milhões de euros (cerca de R$ 741 milhões) em reforços

Poucos meses depois de ter vendido o Milan , o ex-presidente do clube rossonero Silvio Berlusconi criticou jogadores, o técnico Vincenzo Montella e a nova diretoria por conta do mau desempenho do time neste início de temporada.

Leia também: "Pelo resto da vida": Iniesta assina contrato vitalício com o Barcelona; confira

Silvio Berlusconi, ex-presidente do Milan, não gostou das contratações da equipe Rossonera sob gestão de chineses
Divulgação
Silvio Berlusconi, ex-presidente do Milan, não gostou das contratações da equipe Rossonera sob gestão de chineses

"Não entendi a janela de transferências. Eu nunca vi uma equipe mudar 11 jogadores. Com todo esse dinheiro, você não consegue comprar um grande jogador?", questionou o ex-primeiro-ministro da Itália Silvio Berlusconi .

Sob comando chinês, o Milan já gastou mais de 200 milhões de euros (cerca de R$ 741 milhões) em reforços, porém os resultados ainda não apareceram. Além disso, o cartola criticou a escolha do zagueiro Leonardo Bonucci, ex-Juventus, para ser capitão da equipe.

Leia também: Tite diz que observa "em torno de 50 atletas" para lista da Copa. Só cabem 23

"Eles deram a braçadeira de capitão a um jogador que era um símbolo da Juventus havia anos. Montolivo está aí, a braçadeira não lhe foi dada", declarou. Outro alvo das críticas do ex-premier foi Montella. O político, inclusive, revelou quem escolheria para substituí-lo.

"Eu queria o [Cristian] Brocchi para ficar no banco, mas eu estava em uma cama de hospital entre a vida e a morte, e eles me contrataram o Montella", concluiu Berlusconi, referindo-se a junho de 2016, quando o treinador assinou contrato e ele se recuperava de uma delicada cirurgia no coração.

Leia também: Copa do Mundo no Catar corre o risco de não acontecer, diz relatório

O novo técnico do Milan

Situação

Silvio Berlusconi tem seus motivos para criticar. Com 12 pontos, o Milan é o sétimo colocado do Campeonato Italiano , tendo vencido quatro partidas em sete rodadas, mas quando enfrentou dois times mais tradicionais: Roma e Napoli, perdeu. Na Liga Europa, a equipe Rossonera venceu os dois jogos no Grupo D e ocupa a liderança com seis pontos.

    Leia tudo sobre: futebol