Tamanho do texto

Evento em Buenos Aires contou com a presença do presidente da Fifa, Gianni Infantino, da Conmebol, Alejandro Domínguez, e dos três países candidatos

Argentina, Paraguai e Uruguai lançaram oficialmente nesta quarta-feira uma candidatura tríplice para realizar a Copa do Mundo de 2030, quando serão comemorados os 100 anos da primeira edição do torneio. No final de agosto, a informação já havia sido  antecipada pelo presidente paraguaio Horacio Cartes e criticada pelo ídolo do país, o ex-goleiro José Luis Chilavert .

Leia também: Rússia constrói arquibancadas fora de estádio para atender exigência da Fifa

Presidente da Argentina, Mauricio Macri (centro), junto com os presidentes da Fifa (esquerda), Conmebol (direita), Paraguai (2º à esquerda) e Uruguai (2º à direita)
Reprodução/Twitter/CasaRosada
Presidente da Argentina, Mauricio Macri (centro), junto com os presidentes da Fifa (esquerda), Conmebol (direita), Paraguai (2º à esquerda) e Uruguai (2º à direita)

A proposta para sediar a Copa do Mundo de 2030 foi apresentada pelos presidentes dos três países, Mauricio Macri, Horacio Cartes e Tabaré Vázquez, durante um encontro com o mandatário da Fifa, Gianni Infantino, e da Conmebol, Alejandro Domínguez, em Buenos Aires. Inicialmente, o Uruguai assumiria sozinho as responsabilidades, mas justificou que não teria condições de arcar com todos os custos sozinho.

"Estou feliz, é a primeira vez que estou aqui, estou emocionado pelo fato de estar em um país e uma cidade que escreveram muitas das páginas mais emocionantes das lendas e mitos do futebol", declarou o atual mandatário máximo do futebol mundial.

Leia também: Endoidou? Maradona desafia pugilista aposentado: "Eu mato o Mayweather"

"Se nos derem esta oportunidade, vamos ser grandes anfitriões. Nesta região do mundo, sobra paixão pelo futebol”, afirmou o presidente argentino. “Ratificamos este compromisso. Vamos ter o apoio da Conmebol. A região merece. O que se busca não é só dar lugar à paixão que compartilhamos. Estamos sempre buscando novos projetos. Vamos fazer um grande Mundial”, acrescentou Macri.

Segundo o acordo, a Argentina colocaria à disposição oito estádios, enquanto Paraguai e Uruguai ofereceriam dois cada um. Até o momento, essa é a única candidatura para o Mundial de 2030, que ocorrerá 100 anos depois da primeira Copa da história, disputada e vencida justamente pela seleção uruguaia.

Leia também: Ex-goleiro Chilavert fica indignado e reclama da candidatura paraguaia para Copa 2030

Próximas Copas

A edição de 2026 da Copa do Mundo está entre Marrocos, na África, e uma tríplice candidatura de Canadá, Estados Unidos e México, na América do Norte. Por sua vez, as Copas de 2018 e 2022 serão organizadas por Rússia e Catar, respectivamente.

    Leia tudo sobre: futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.