Tamanho do texto

Levantamento do jornal The Guardian tem também atletas argentinos, chineses, indonésios e canadenses; Mundial sub-17 começa nesta sexta-feira

Com a aproximação do início do Mundial sub-17 , que começa nesta sexta-feira, o jornal inglês The Guardian publicou sua tradicional lista com os 60 jogadores com menos de 17 anos mais promissores do mundo. E na edição deste ano, três brasileiros foram incluídos: Vinicius Júnior e Lincoln, ambos do Flamengo, e Paulinho, do Vasco da Gama.

Leia também: Após duas semanas de aulas, Totti abandona curso de treinador; saiba porquê

Vinicius Júnior, do Flamengo, foi um dos brasileiros da lista dos melhores sub-17 do mundo
Gilvan de Souza / Flamengo
Vinicius Júnior, do Flamengo, foi um dos brasileiros da lista dos melhores sub-17 do mundo

Além dos brasileiros , a lista traz também dois argentinos que já atuam na Europa: o atacante Facundo Colidio, da Inter de Milão, e Benjamín Garre, do Manchester City. No caso de Vinicius Júnior, o jornal fez questão de destacar a transferência do atacante para o Real Madrid.

"De Vinicius Júnior, que já assinou com o Real Madrid, ao Donnarumma romeno, o Guardian identifica os 60 dos melhores jogadores do mundo nascidos em 2000", afirma o jornal na chamada da matéria.

Dentre os três brasileiros escolhidos, somente Júnior não jogará o Mundial sub-17, que começa na próxima semana na Índia. Ele foi convocado pelo técnico Carlos Amadeu, mas o Flamengo não o liberou.

Leia também: Ribéry pagou quase R$ 150 mil para irmão jogar em clube da França

Na lista aparecem ainda jogadores da China, Canadá, Indonésia, Luxemburgo, Irã e Cabo Verde. O país com o maior número de representantes é a Espanha, com quatro escolhidos: Antonio Blanco e Miguel Baeza, do Real Madrid, Abel Ruiz, do Barcelona, e Ferrán Torres, do Valencia.

Confira a lista completa

Facundo Colidio (Argentina / Inter de Milão)
Benjamín Garre (Argentina / Manchester City)
Dylan Pierias (Austrália / Melbourne City)
Romano Schmid (Áustria / RB Salzburg)
Keres Masangu (Roma / Bélgica)
Flor Van Den Eynden (Inter / Bélgica)
Rijad Sadiku (FK Sarajevo / Bósnia)
Lincoln (Flamengo / Brasil)
Paulinho (Vasco / Brasil)
Vinícius Júnior (Flamengo / Brasil)
Kun Temenuzhkov (Leeds United / Bulgária)
Alphonso Davies (Vancouver Whitecaps / Canadá)
Kenny Rocha Santos (Saint-Etienne / Cabo Verde)
Branco Provoste (Colo-Colo / Chile)
Wang Jiahao (AE Josep Maria Gené / China)
Jaminton Campaz (Tolima / Colômbia)
Michele Sego (Hajduk Split / Croácia)
David Colina (Dínamo Zagreb / Croácia)
Victor Jensen (Ajax / Dinamarca)
Callum Hudson-Odoi (Chelsea / inglaterra)
Jadon Sancho (Borussia Dortmund / Alemanha)
Yacine Adli (PSG / França)
Amine Gouiri (Lyon / França)
Jann-Fiete Arp (Hamburgo / Alemanha)
Christian Früchtl (Bayern de Munique / Alemanha)
Jean-Manuel Mbom (Werder Bremen / Alemanha)
Eric Ayiah (Charity Stars / Gana)
Giorgos Antzoulas (Asteras Tripolis / Grécia)Greece
Dominik Szoboszlai (FC Liefering / Hungria)
Egy Maulana Vikri (Sem clube / Indonésia)
Mohammad Sharifi (Esteghlal Khuzestan / Irã)
Mohammed Dawood (Al Naft SC / Iraque)
Moise Kean (Verona / Itália)
Alessandro Plizzari (Ternan / Itália)
Rei Hirakawa (FC Tokyo / Japão)
Vincent Thill (Metz / Luxemburgo)
Hadji Dramé (Yeelen Olympique de Bamako / Mali)
Diego Lainez (América-MEX / México)
Lutsharel Geertruida (Feyenoord / Holanda)
Kik Pierie (Heerenveen / Holanda)
Erling Braut Haaland (Molde / Noruega)
Jorgen Strand Larsen (Milan / Noruega)
Pedro Neto (Lazio / Portugal)
Ionut Rus (Lazio / Romênia)
Kirill Kolesnichenko (Chertanovo / Rússia)
Ilya Martynov (Krasnodar / Rússia)
Armin Djerlek (Partizan Belgrado / Sérvia)
Lyle Foster (Orlando Pirates / África do Sul)
Antonio Blanco (Real Madrid / Espanha)
Miguel Baeza Pérez (Real Madrid / Espanha)
Abel Ruiz (Barcelona / Espanha)
Ferrán Torres (Valencia / Espanha)
Filston Mawana (Hoffenheim / Suécia)
Lorenzo Gonzalez (Manchester City / Suíça)
Berke Ozer (Altinordu / Turquia)
Timothy Weah (PSG / EUA)
Andrew Carleton (Atlanta United / EUA)
Gustavo Viera (Liverpool-URU / Uruguai)
Jan Carlos Hurtado (Deportivo Tachira / Venezuela)
Christian Makoun (Zamora / Venezuela)

Leia também: Maradona afirma: "Eu mato o Mayweather"

Na lista de 2016, três jovens brasileiros foram lembrados, são eles: Fabrício Oya, do Corinthians, Nicolas Reis, do Santos, e Luiz Fernando, do Figueirense. Os atletas, no entanto, não atenderam às expectativas da publicação inglesa até agora.

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais


    Leia tudo sobre: futebol