Tamanho do texto

Exame detectou estiramento no ligamento do joelho direito do lateral, mas decisão final sobre cirurgia sairá somente daqui a três semanas; saiba mais

O lateral direito Daniel Alves não rompeu o ligamento do joelho direito, como se suspeitou quando ele foi substituído durante a final da Copa da França, contra o Les Herbiers. Em um exame preliminar, feito no hospital Americano, em Paris, nesta quarta, foi apontado que ele teve um estiramento no ligamento e não precisará passar por cirurgia no momento, mantendo chances de ir à Copa do Mundo .

Leia também: Romário dá dica para Gabriel Jesus ir bem na Copa do Mundo: "Transar bastante"

Daniel Alves sofreu lesão no joelho direito durante final da Copa da França, contra o Les Herbiers
Reprodução
Daniel Alves sofreu lesão no joelho direito durante final da Copa da França, contra o Les Herbiers

“Após o traumatismo do joelho direito de Daniel Alves , que ocorreu ontem [terça] durante a final da Copa da França, os exames realizados hoje mostraram uma alta desinserção do ligamento cruzado anterior com entorse póstero-externo. Sua condição requer um mínimo de 3 semanas de cuidados antes de nova avaliação", afirmou a assessoria de imprensa do lateral, em nota oficial.

Para se recuperar, o jogador deve passar por sessões de fisioterapia depois que a região do impacto desinchar. Sua volta aos gramados deve acontecer em um mês, caso tudo ocorra bem e na nova avaliação, feita em três semanas, a necessidade de cirurgia continue descartada. Justamente por isso, sua presença na estreia do Brasil no Mundial, dia 17 de junho, contra a Suíça, é incerta.

Leia também: Olha a zebra! Confira seleções menores que surpreenderam em Copas do Mundo

Sendo assim, a tendência é que a convocação de Dani Alves seja mantida, mas ele passará parte da preparação em recuperação, com o departamento médico e não em treinamento com o restante do grupo. Nos amistosos pré-Copa, dias 3 de 10 de junho, contra Croácia e Áustria, respectivamente, ele não deve jogar.

O técnico Tite anunciará os 23 convocados na próxima segunda-feira, na sede da CBF. No dia 21, o grupo se apresentará na Granja Comary, em Teresópolis. O treinador, tem, no entanto, até 4 de junho, prazo imposto pela Fifa, para alterar nomes de uma lista com 35 atletas.

Na lateral direita, a segunda vaga segue aberta e disputada, provavelmente, entre Danilo, do Manchester City, Rafinha, do Bayern de Munique, e Fagner, do Corinthians. Se acontecer do titular não ser convocado, os três brigarão por duas vagas na lista.

Leia também: Falsa ou verdadeira? Suposta convocação da seleção brasileira viraliza na web

Experiência

Com 35 anos, Daniel Alves está próximo de disputar sua terceira Copa, já que esteve na África do Sul, em 2010, e no Brasil, em 2014. Justamente por isso, ele é um dos jogadores de mais confiança de Tite, sendo escolhido como capitão em jogos importantes, como nos amistosos contra Inglaterra e Alemanha e nos jogos das Eliminatórias contra Argentina e Colômbia.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.