Tamanho do texto

Brecha na decisão da União Econômica Eurasiática permite consumo de maconha e outras drogas com prescrição médica. Venda é proibidas no país

O Comitê Organizador da Copa do Mundo da Rússia revelou que torcedores poderão entrar com drogas medicinais nos estádio durante a realização do Mundial. No entanto, a decisão só a válida se for apresentado um documento de prescrição médica para a utilização. Entre as substâncias permitidas estão maconha , cocaína, opioides, codeína e anfetaminas.

Leia também: Triste, Neymar será operado no sábado e prazo para volta aumenta para 3 meses

Bola e logo escolhidos pela Rússia para Copa do Mundo de 2018
Divulgação/Ansa
Bola e logo escolhidos pela Rússia para Copa do Mundo de 2018

"Os oficiais de segurança monitorarão a aplicação das regras e devem levar medicamentos prescritos aos pontos de controle do estádio para fiscalização", disse o comitê nesta terça-feira.

Os policiais que trabalharem durante a realização do evento devem chegar a documentação do torcedor, a sua autorização médica para o consumo do medicamento e uma fiscalização da substância em sí.

Leia também: La Coruña pede a prisão de seu técnico, mas o mantém no cargo; entenda

That feeling when you see the #WorldCup trophy up close 😍🏆🇸🇩 #TrophyTour #Sudan @trophytour

Uma publicação compartilhada por FIFA World Cup (@fifaworldcup) em

Uma decisão da União Econômica Eurasiática (UEE), vem deum bloco econômico conjunto de países, que  inclui a Bielorrússia, o Cazaquistão e a Rússia, com sede em Moscou. Ela permite que certos medicamentos narcóticos e psicotrópicos sejam trazidos para o país se estiverem acompanhadas de uma documentação médica de apoio.

Leia também: Estádios da Copa: conheça Saransk, a menor cidade sede do Mundial

A união dá aos viajantes estrangeiros o direito de transportar drogas, incluindo maconha e cocaína se as pessoas precisem delas para propósitos médicos.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.