Tamanho do texto

Jogando com um a mais desde os 13 minutos do segundo tempo, time carioca supera o Remo por 2 a 1

O Vasco continua com 100% de aproveitamento em sua campanha na Copa São Paulo de Futebol Júnior, mas teve uma nova vitória bastante complicada neste domingo. Diante de um Remo que jogou com um a menos a partir dos 13 minutos do segundo tempo e sofreu com cãibras, os cariocas venceram por 2 a 1.

Leia também: Vasco troca gramado, grade e terá novo placar eletrônico

O triunfo deixa a equipe de São Januario com seis pontos, isolado, por enquanto, na liderança do Grupo O da competição. Os cruz-maltinos, entretanto, podem ser alcançados pelo Taubaté. O time, anfitrião da chave, enfrenta o São Francisco-BA ainda neste domingo e, se vencer, elimina os baianos e o Remo, já que ambos não somaram nenhum ponto.

Leia também: Surpreso, “Coronel” assume o futebol do Vasco

Para se manter à frente, contudo, o Vasco sofreu bastante. O Remo atacou e gerou uma partida aberta, com boas oportunidades para os dois lados e um frequente risco de alguém ter suas redes balançadas, já que a velocidade imposta pelo setor ofensivo dos dois oponentes levava vantagem sobre os defensores.

Quem soube se aproveitar primeiro disso foi a equipe alvinegra. Aos 19 minutos de jogo, Dieyson bateu escanteio e Cícero completou testando nas redes. O Remo, entretanto, continuou pressionando e, no fim da etapa inicial, aos 45 minutos, Jayme se antecipou à zaga para empatar.

O panorama não mudou depois do intervalo. E, mais uma vez, os vascaínos se deram melhor antes. Aos 11 minutos, Guilherme arrematou de fora da área e desempatou. Para aumentar a supremacia, o Vasco passou a ter superioridade numérica: o zagueiro Biro foi expulso aos 13 minutos por receber o segundo cartão amarelo.

Para dificultar ainda mais a vida dos paraenses, o intenso esforço esbarrou na preparação física, já que muitos atletas passaram a cair no chão com cãibras. Aos 16 minutos, ainda entrou Romarinho, filho de Romário, para aumentar o poder ofensivo vascaíno.

O que se viu até os minutos finais, no entanto, foi um Remo buscando forças para pressionar e buscar o empate. E um Vasco bastante tenso, falhando nas oportunidades que teve para matar o jogo em contra-ataques - sobrou individualidade quando existiam colegas livres na área, como em um lance no qual Romarinho pediu a bola em vão.

O Vasco volta a entrar em campo às 14 horas de Brasília da próxima quarta-feira, diante do Taubaté. O confronto contra o time da casa valerá a confirmação da classificação para a segunda fase da Copinha para ambos. O mesmo também pode ocorrer com São Francisco e Remo, que se enfrentam às 16 horas.

Outros jogos - Confira o resultado das outras partidas desta edição da Copa São Paulo que começaram às 14 horas deste domingo e já foram encerradas:

Batatais 1 x 2 Uberlândia (Grupo D)
Red Bull 4 x 0 Sertãozinho (Grupo J)
Audax-SP 1 x 1 Avaí (Grupo K)
São Bernardo 2 x 1 Atlético-AC (Grupo L)
Guarani 2 x 2 Goiás (Grupo N)
Primeira Camisa 1 x 1 Cruzeiro-DF (Grupo P)
Flamengo-SP 2 x 3 Nacional-AM (Grupo X)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.