Conselheiros são ameaçados de morte em eleição da Ponte Preta
PontePress | Diego Almeida
Conselheiros são ameaçados de morte em eleição da Ponte Preta

A noite da sexta-feira (19) foi agitada para cerca de 50 conselheiros da chapa DNA Pontepretano. Eles receberam ameaças de morte, também direcionadas a esposas e filhos, caso compareçam no estádio Moisés Lucarelli, local onde ocorre a votação que escolherá o novo comando do clube. O pleito acontece durante este sábado (20/11). Houve ainda ligações que ameaçavam incendiar as casas dos integrantes do grupo DNA.

Devido às ameaças, alguns já se sentem intimidados e admitem faltarem à votação com medo de represálias. Como resposta, os líderes da chapa DNA Pontepretano acionaram os serviços de Segurança Pública para garantir a proteção de quem for votar e punir os responsáveis pelas ligações. Uma nota oficial também foi divulgada à imprensa, reproduzida na íntegra abaixo.

“Nota à imprensa

A chapa DNA PONTEPRETANO vem a público repudiar as criminosas ligações anônimas recebidas por inúmeros conselheiros que integram a chapa e seus familiares desde a noite da última sexta-feira, 19 de novembro, na véspera das eleições que vão definir o futuro da Associação Atlética Ponte Preta nos últimos quatro anos.

Leia Também

Uma tentativa vil e desesperada de intimidar a presença desses conselheiros, que receberam ameaças de morte caso se dirijam ao estádio para votar. Pior ainda, as ameaças também foram direcionadas a esposas e filhos, inclusive com informações sobre endereço de residência e local de trabalho.

Repudiamos veementemente tais atos e, inclusive, a conduta do Conselho Deliberativo do clube, que é o guardião dos dados de todos os conselheiros. Ora, se criminosos tiveram acesso a tais informações, certamente contaram com o apoio de quem está dentro do clube e deveria zelar por tais dados. O vazamento de dados é crime, conforme estabelece a Lei Geral de Proteção de Dados (Lei 13.709/18). O serviço de inteligência da Polícia Militar foi notificado imediatamente sobre tais fatos ainda ontem e já está em ação para identificar de onde partiram tais ligações.

Reiteramos que todas as medidas judiciais cabíveis e o trabalho das forças de segurança pública já estão em andamento para coibir tais atos, identificar e punir os criminosos.

Chapa DNA PONTEPRETANO”

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários