Novelli Júnior: estádio do Ituano
Divulgação
Novelli Júnior: estádio do Ituano

Após duas rodadas nesta 2ª fase da Série C, nenhum clube no grupo venceu em casa. Ituano e Botafogo de João Pessoa perderam em seus estádios. E Criciúma e Paysandu empataram em suas cidades. Resultados que neste momento comprovam o equilíbrio entre os quatro clubes. “Isso prova que nem sempre o fator casa fará diferença. No jogo passado contra o Criciúma queríamos a vitória e não conseguimos. Agora temos o jogo com o Paysandu em casa. Vamos entrar firmes e focados. Porque não podemos deixar esta oportunidade passar novamente”, explicou o experiente Gerson Magrão.

Magrão jogou 8 das últimas 9 partidas e conheceu sua primeira derrota no domingo. Ele foi poupado na última rodada da fase anterior. Gerson explica o que houve na derrota para o Criciúma. “O time tem que entrar mais ligado. Neste último jogo, infelizmente, nos primeiros minutos não fomos tão bem. Não fomos eficientes. Tivemos algumas chances e não fizemos. Faltou a gente jogar um pouco mais com a bola, ter o controle do jogo. Coisa que não fizemos”, repetiu as explicações do técnico Mazola Júnior e do capitão Matheus Mancini após o jogo. O Ituano não marcou gol em seis jogos na competição. Porém, em quatro desses foram empates sem gols. Curiosamente as duas derrotas sem marcar foram justamente para o Criciúma.

Nos oito jogos em que atuou, o meio campo Gerson Magrão marcou dois gols e fez duas assistências. O que lhe dá uma média de participação de 0,5. A cada dois jogos, ele colabora com um gol. Por isso ele valoriza as chances criadas durante a partida. “Nas oportunidades que criarmos temos que fazer. Eu procuro sempre ajudar os companheiros. Com assistências ou com gols, mas neste jogo não conseguimos. Também não quer dizer que este resultado negativo é final do mundo. Uma derrota que tivemos em casa, não quer dizer que tudo que fizemos não vale nada. Temos confiança que temos um bom grupo. Vamos entrar ligado e no próximo jogo temos condições de vencer”.

O Ituano terá mais uma oportunidade de buscar a reabilitação em casa. Sábado (16) recebe o Paysandu às 17h. “Com certeza será um jogo difícil como foram os dois outros jogos desta fase. O fato é que temos que entrar mais ligados. Todos nós temos essa consciência e quando todos têm a mesma opinião fica mais fácil de solucionar o problema. Este é um jogo decisivo. Temos três pontos e eles estão com dois pontos. A disputa está aberta. O nosso intuito é vencer e dar seguimento a competição rumo à classificação”, afirmou Gerson Magrão. Os ingressos começaram a ser vendidos na sexta (15) no estádio Novelli Júnior.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários