STJD julga Jô por ato hostil e atleta pega dois jogos de suspensão
Reprodução: Lance
STJD julga Jô por ato hostil e atleta pega dois jogos de suspensão

O Corinthians , que voltou a vencer e espantou a crise , terá um reforço de peso para enfrentar o Sport, na Ilha do Retiro, na próxima quarta-feira, às 21h30, pela 12ª rodada do Brasileirão.

O alvinegro conseguiu um efeito suspensivo para o atacante , que foi suspenso por duas partidas Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), após um lance que teria agredido o zagueiro do São Paulo, Diego Costa, durante o clássico entre as duas equipes.

O lance repercutiu já que o jogador não recebeu nenhuma advertência. No momento o VAR revisou o trecho errado do lance, não o momento da suposta agressão e sim quando Jô e Diego discutem. Na ocasião, os microfones da transmissão da emissora 'Premiere' captaram, também, xingamentos do atacante.

A princípio Jô, que já cumpriu um jogo de suspensão diante do Bahia, poderia ter pego um gancho muito mais pesado, de 4 a 12 jogos, por praticar agressão física, prevista no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Durante o julgamento, que aconteceu online com a presença do atacante, porém, houve a mudança do artigo para o 250, que significa a prática de ato desleal ou hostil durante uma partida, e tem pena mais leve, de 1 a 3 jogos de suspensão. A maioria dos votos foi para que ele fosse suspenso por dois jogos.

    Veja Também

      Mostrar mais