Paulinho McLaren
Reprodução
Paulinho McLaren

O ex-jogador do Santos, Portuguesa e Cruzeiro, Paulinho McLaren, foi envovido em um grande boato nesta semana e foi obrigado a gravar um vídeo para provar que estava vivo.

Informações que se espalharam rapidamente pelas redes sociais afirmavam que o ex-atleta teria falecido em um acidente automobilístico no Paraná. A notícia foi creditada à rádio Grenal, de Porto Alegre.

De acordo com a informação falsa, Paulinho McLaren seguia de Igaraçu do Tietê (SP), sua cidade natal, para Curitiba, onde realizaria exames médicos. O carro em que ele estava teria batido de frente com um caminhão. A publicação dizia ainda que o jogador teria falecido em Ponta Grossa, no Paraná.

Diante da grande repercussão, o jogador, que hoje trabalha como treinador, levou a história com bom humor e gravou um vídeo para "provar" que estava bem. "Fizeram um fake news aí. Cara, estou bem demais. Graças a Deus estou em casa. É uma mentira. Mas em tempos de fake news, assusta todo mundo. Estou bem, graças a Deus. Vamos pra cima”, declarou.


Campeão português com o Porto, em 1993, Paulinho McLaren defendeu ainda o Athletico-PR, Figueirense, Santos, Portuguesa, Internacional, Fluminense e Santa Cruz, além dos rivais Atlético e Cruzeiro.

O jogador ficou marcado por uma comemoração polêmica, em 1996, pelo Cruzeiro. No clássico contra o Atlético, válido pelo Campeonato Brasileiro, ele marcou um gol e imitou uma galinha na hora de comemorar, em alusão ao mascote do rival, o Galo. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários