Entrada do Ninho do Urubu
Twitter/Reprodução
Entrada do Ninho do Urubu

Os direitos de arena dos clubes, um dos desdobramentos da MP 984, tem sido motivo de polêmica nos bastidores do futebol carioca.

Segundo o site "Globo Esporte", os jogadores do Boavista se recusaram a receber diretamente do Flamengo o valor de R$ 52,02, calculado pelo Rubro-Negro, referente à uma partida da Taça Rio.

O valor chama a atenção pela diferença para a partida contra o Volta Redonda, quando os jogadores adversários receberam do Flamengo R$ 1.212,07 cada.

A equipe da Gávea alega que o duelo contra o Boavista, diferentemente da partida contra o Voltaço, teve apenas seus direitos internacionais negociados.

Segundo a lei, "cinco por cento (5%) da receita proveniente da exploração de direitos desportivos audiovisuais" de cada partida precisam ser divididos entre os atletas relacionados.

O Flamengo informou que faturou R$ 43.700 com vendas de direito na partida contra o Boavista e R$ 1.018.144,75 contra o Volta Redonda.

    Veja Também

      Mostrar mais