O comentarista Mauro Cezar Pereira discordou da  comparação feita pelo ex-goleiro Júlio César entre a histórica goleada por 8 a 2 do Bayern , sobre o Barcelona , e a derrota de 7 a 1 da seleção brasileira para a Alemanha.

Segundo o jornalista, um vexame não pode ser usado para minimizar o outro. "Um vexame não minimiza outro e o 7-1 segue exclusivo. Tentar amenizar não vai colar, Júlio César. Saudações!", escreveu.


Durante a transmissão do Esporte Interativo, onde participava como comentarista, o ídolo do Flamengo saiu em defesa do goleiro Ter Stegen.

"Gostaria até de me defender. Muita gente fala do 7 a 1. Tá aí o Ter Stegen, um dos melhores goleiros do mundo, tomando um 8 a 2. Ele não deixa de ser um dos melhores por isso. Futebol é apaixonante porque esse tipo de coisa pode acontecer", afirmou o ex-goleiro.

    Veja Também

      Mostrar mais