Jorge Jesus pode deixar o Flamengo
Instagram
Jorge Jesus pode deixar o Flamengo




Se a diretoria do Flamengo mostra otimismo pela permanência de Jorge Jesus , em Portugual, a imprensa local já detalha os números que envolvem a possível negociação e o que restaria para um acerto entre as partes. 

Segundo o jornal A Bola, o Benfica ofereceu ao treinador um contrato de quatro anos e um salário de 2 milhões de euros (limpos)/ano. Jesus, porém, teria feito uma contraproposta de € 3,5 milhões anuais líquidos, verba que o clube aceitou pagar, desde que o contrato fosse fechado por três anos. O técnico, por sua vez, teria sinalizado que aceita essa condição.

Além disso, ao renovar com o Flamengo, o clube carioca teria antecipado a Jorge Jesus € 1 milhão do valor total do contrato, verba essa que o Benfica já aceitou pagar para que o treinador reembolse o rubro-negro. As Águias também aceitam desembolsar o valor da cláusula de rescisão junto ao Flamengo, cerca de 1 milhão de euros.

Há, porém, um ponto que ainda não está fechado entre as partes, segundo o jornal. Jorge Jesus pretende desembarcar na Luz com toda a sua equipe técnica, ou seja, os sete elementos que trabalham hoje no Flamengo.

Os portugueses, porém, batem o pé e dizem que não é necessário que todos os nomes façam parte da nova comissão, já que o Benfica conta com uma estrutura própria, sendo que boa parte dela já estava na época em que Jesus treinava no time.

Além dele, a comissão conta com mais seis portugueses: João de Deus, que se juntou ao treinador no Al Hilal e tem funcionado como braço direito desde que Miguel Quaresma e Raúl José saíram; Tiago Oliveira, adjunto que se encarrega das movimentações defensivas; Mário Monteiro, preparador físico que há muitos anos trabalha com Jesus e já esteve com ele na Luz; Marcio Sampaio, preparador físico que no Fla coordena também a análise; e os analistas Rodrigo Araújo e Gil Henriques. Além deles, a comissão tem Evandro Mota,  brasileiro que também já trabalhou com o português no Benfica.

No Brasil, cada um dos adjuntos recebem, segundo a publicação, cerca de 300 mil euros limpos, ou seja, por volta de € 2 milhões. Valor que o Benfica pretende baixar para acertar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários