Passarella
Divulgação
Passarella

Último estrangeiro a assumir o comando técnico do Corinthians, antes do português Vitor Pereira, o argentino Daniel Passarella vive um grande drama na Argentina.

De acordo com o Diário Olé, o treinador, que comandou o Corinthians em 2005, vem sofrendo muitas sequelas de uma doença neurodegenerativa semelhante à ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica), que faz com que Passarella, aos 69 anos, "perca o seu lugar no tempo e no espaço".

O processo, que teria começado há 3 anos, é semelhante ao vivido por seu pai e os amigos próximos estão chocados. Garantem que "ele não é mais o mesmo" e raramente sai de casa sozinho. Suas únicas atividades são alguns passeios pelo bairro, sempre com assistência, ou as visita aos filhos. Isso porque, devido à doença, ele "pode esquecer o endereço para onde estava indo ou perder a orientação".

Nos últimos tempo, Passarella chegou a ser cogitado em equipes chinesas, árabes e até latino-americanas, porém, os amigos próximos garantem que foram apenas especulação da imprensa, pois ele não pode mais assumir a função de treinador.

Vale lembrar que o último time que dirigiu foi o River, em 2007. No Corinthians, Passarella foi vice-campeão do Paulistão e chegou nas quartas de final da Copa do Brasil. Foi demitido quando o time foi derrotado por 5 a 1 pelo São Paulo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários