Tuchel e Neymar
Reprodução/Twitter
Tuchel e Neymar

O empresário Jorge Mendes bem que tentou. Fez reuniões com o novo dono do Chelsea sobre a possibilidade de contratarem Cristiano Ronaldo nesta janela de transferências. Porém, as intenções esbarraram totalmente em Thomas Tuchel, o ex-treinador de Neymar no PSG e que não quer o craque português com a camisa dos blues .

Segundo o jornal 'Daily Mail', a decisão do treinador não tem nada de pessoal ou qualquer problema com Cristiano Ronaldo . O treinador teria explicado a Todd Boehly, dono do Chelsea, que quer foco total na equipe e não em individualidades. Tuchel acredita que teria que montar um time e um estilo de jogo focado em Cristiano Ronaldo e esse não é o seu desejo.

Diante desse cenário, teria apontado ao dono do Chelsea que Raheem Sterling, contratado do Manchester City, é uma aposta melhor para o clube.

Fora de campo, a chegada de Cristiano Ronaldo a Stamford Brigde daria ao Chelsea um grande incremento financeiro. Além disso, ele era visto como o nome ideal para recuperar a imagem do clube, manchada por conta da invasão russa à Ucrânia. Entretanto, a decisão esportiva acabou pesando.

Tuchel, aliás, não tem problemas para lidar com estrelas mundiais. Em tempos de PSG, ele e Neymar formaram uma grande dupla. O brasileiro viveu seu melhor momento com as cores do clube da França exatamente sob o comando do treinador, chegando até a final da Champions League.

Vale lembrar que Cristiano Ronaldo não se apresentou na pré-temporada do Manchester United, "por razões familiares". Porém, é notório que o jogador quer deixar os red devils e pretende atuar em um clube que dispute a Champions League na próxima temporada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários