Arrascaeta marcou os dois gols da vitória do Flamengo sobre o Atlético
Divulgação / Flamengo
Arrascaeta marcou os dois gols da vitória do Flamengo sobre o Atlético

Em uma atmosfera classificada pelos torcedores como "inferno", o Maracanã recebeu mais de 68 mil rubro-negros que puderam ver de perto um Flamengo impecável diante do Atlético-MG. Com atuação de gala, o time comandando por Dorival Junior se superou fisicamente, passou o trator no Galo, venceu por 2 a 0, com dois gols de Arrascaeta, e se classificou às quartas de final da Copa do Brasil.

Veja abaixo galeria de fotos do jogo:


O Flamengo foi avassalador no primeiro tempo. Não deixou o Atlético-MG respirar, dominou o meio de campo e criou inúmeras oportunidades de balançar a rede, mas parava na falta de pontaria dos atacantes ou em Everson, que estava em uma noite iluminada.

A primeira chance foi aos 12 minutos. Arrascaeta recebeu na direita, saiu limpando todo mundo e bateu firme com a canhota. A bola fez um efeito, foi no meio do gol, e obrigou Everson a fazer uma defesa absurda, digna de cinema. Na jogada seguinte, João Gomes recebeu na entrada da área e buscou a finalização colocada, mas Everson não deu rebote.

Aos 21, Rodinei recebeu na direita, dentro da área, e teve cruzamento travado. A sobra ainda ficou com o lateral, que finalizou colocado, de canhota, na direção do gol, mas a bola explodiu em Alonso. Aos 30, o Fla novamente chegou com perigo. Gabigol saiu da área e lançou Filipe Luís na ponta esquerda. Ele tocou na medida para Arrascaeta, que dominou e finalizou rápido, com a canhota, mandando por cima da meta de Everson.

Mas, aos 45 minutos, quando todos achavam que o primeiro tempo terminaria 0 a 0, eis que Pedro e Arrascaeta entraram em ação. O atacante fez grande jogada de pivô, avançou com liberdade e enfiou na medida para o meia uruguaio finalizar no cantinho de Everson.

Na segunda etapa, o Atlético-MG até voltou melhor, mas não foi o suficiente para conseguir superar o Flamengo. Pelo contrário. Depois de se segurar nos primeiros 15 minutos da segunda etapa, o Rubro-Negro conseguiu ampliar o marcador. Após cobrança de falta na área, Thiago Maia desviou, e Arrascaeta apareceu de peixinho. A bola bateu na trave, tocou no corpo de Everson, e a arbitragem sinalizou o gol. A jogada foi avaliada pelo Var e validada, fazendo os torcedores comemorarem de novo nas arquibancadas.

Depois de sofrer o segundo, o Atlético-MG foi na base do desespero ao ataque. Com pouca organização tática, o time mineiro pouco assustava o Fla. Aos 34 minutos, o cenário ficou ainda mais difícil para o Galo. Junior Alonso fez falta em Marinho para matar contra-ataque, levou o segundo amarelo e, consequentemente, o cartão vermelho.

Depois disso, o Flamengo, na base da raça e vontade, segurou o placar, necessário depois de perder por 2 a 1 em Belo Horizonte, e conseguiu a classificação heroica para as quartas de final da Copa do Brasil. Agora, o Fla vai esperar o sorteio para conhecer o adversário da próxima fase da competição.

O próximo jogo do Flamengo é contra o Coritiba, no sábado, às 19h, no Maracanã, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nesta competição, o Rubro-Negro não vive bom momento e está na nona colocação, com apenas 21 pontos em 13 jogos disputados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários