Bap deixa Conselho de Futebol do Flamengo e agita bastidores do clube
Divulgação / Flamengo
Bap deixa Conselho de Futebol do Flamengo e agita bastidores do clube

O Conselho de Futebol do  Flamengo perdeu nesta quinta-feira seu mais importante membro. Luiz Eduardo Baptista, o Bap, se despediu do grupo e desembarcou da diretoria, permanecendo apenas como presidente do Conselho de Administração.

Por não ser estatutário, o Conselhinho permitia que Bap continuasse dando suas opiniões e dividindo atenções com Marcos Braz, seu desafeto há alguns anos. Diante do desgaste recente de Braz devido aos resultados do futebol, Bap colocou mais pressão por mudanças, não foi atendido, e saiu.

Com ele, saiu junto Dekko Roisman, apoiador de Bap, que alegou muita pressão em permanecer. Agora, o Conselhinho tem apenas o conselheiro Diogo Lemos e o vice de futebol Marcos Braz. Ambos seguem firmes no apoio ao presidente Rodolfo Landim (veja galeria de fotos abaixo), que informou recentemente que não acabaria com Conselho do Futebol e manteria o grupo ainda mais fechado, recrutando outros apoiadores.


As informações sobre as saídas de Bap e Dekko foram inicialmente divulgadas pelo "ge". Fábio Palmer, quinto elemento que compunha o grupo, também se viu sem função e pediu para sair nos últimos dias. O movimento expõe o racha na diretoria quando o assunto é o futebol. A administração Landim perdeu apoio do grupo Fla Fut, que deixou a diretoria. Dekko Roisman pertencia ao grupo, mas se manteve no Conselhinho por mais alguns dias. Só que não muitos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários