Corinthians atropela o Santos na Neo Química Arena
Marcos Ribolli
Corinthians atropela o Santos na Neo Química Arena

Um massacre. O Corinthians não tomou conhecimento do rival Santos e aplicou 4 a 0 na Neo Química Arena, nesta quarta-feira (22), em confronto de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Raul Gustavo, Mantuan e Giuliano, duas vezes, anotaram os gols da goleada do Timão.


O JOGO

Corinthians e Santos fizeram um início de jogo estudado, buscando encontrar brechas nos setores defensivos. Mais incisivo, o Timão subiu suas linhas no campo do Peixe que, por sua vez, encontrou dificuldades para sair jogando.

MANTUAN ABRE O PLACAR

A pressão gerou resultado. Aos 19 minutos, Lucas Piton aprofundou no lado esquerdo, cruzou rasteiro para dentro da área e encontrou Mantuan, que afundou as redes do goleiro João Paulo.

GIULIANO AMPLIA

Se o primeiro gol saiu do lado esquerdo do ataque do Timão, agora foi a vez do direito. Willian, que esteve envolvido no gol de Mantuan, tabelou com Fagner, o lateral cruzou para Du Queiroz, o volante chutou, a bola bateu em Giuliano e entrou.

VIROU PASSEIO

Após abrir 2 a 0 no placar, o Corinthians continuou dominando as ações ofensivas do clássico. Em escanteio cobrado por Willian, Raul Gustavo subiu mais que a marcação santista e cabeceou para ampliar o placar.

SE JÁ ESTAVA DIFÍCIL...

O meia Vinicius Zanocelo foi embora mais cedo para o vestiário. Aos 16 minutos da segunda etapa, o santista agrediu o lateral Piton e foi expulso pelo árbitro Marcelo de Lima Henrique.

CAIXÃO FECHADO

De novo Giuliano. Livre na marca do pênalti, o meia aproveitou a bola dividida de Robert Renan e anotou o quarto do Corinthians no clássico.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários