Santos sai na frente, mas cede empate ao Internacional na Vila Belmiro
Foto: Ivan Storti / Santos - 08.06.2022
Santos sai na frente, mas cede empate ao Internacional na Vila Belmiro

Em um jogo com muita participação do VAR, o Santos empatou em 1 a 1 com o Internacional na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Peixe teve um pênalti e um gol anulados após interferência do VAR e um gol confirmado após revisão do árbitro de vídeo. Lucas Braga e Bruno Mendez marcaram os gols no confronto desta quarta.

Veja abaixo galeria de fotos do jogo:


Com o resultado, o Santos cai para a 10ª colocação, com 13 pontos ganhos. Na próxima rodada, o Peixe enfrenta o Atlético-MG no próximo sábado, fora de casa.

O jogo
O Internacional surpreendeu o Santos e começou marcando a saída de bola e controlando as principais ações do jogo. Logo aos oito minutos, após cruzamento da esquerda, Pedro Henrique apareceu livre na segunda trave e bateu de primeira, mas o goleiro João Paulo fez grande defesa e salvou o Peixe.

Após os 15 minutos, o Santos cresceu, equilibrou as ações passou a ter mais oportunidades. Aos 25 minutos, Léo Baptistão fez boa jogada individual e foi derrubado praticamente em cima da linha da área. O árbitro Ramon Abatti Abel marcou pênalti, mas o árbitro de vídeo, Pablo Ramon Gonçalvez Pinheiro, recomendou a marcação de falta fora da área.

Na cobrança da falta, Lucas Pires cruzou no segundo pau e Eduardo Bauermann cabeceou para marcar. O árbitro deu o gol, mas novamente o árbitro de vídeo entrou em ação e recomendou a anulação do gol por impedimento totalmente discutível do zagueiro do Peixe.

Depois dos dois lances, o Inter voltou a levar perigo. Aos 33 minutos, Açan Patrick recebeu na esquerda, driblou o zagueiro Maicon e chutou forte, mas o goleiro João Paulo fez boa defesa. Aos 40 minutos, De Pena soltou uma pancada da esquerda, mas João Paulo mandou para escanteio.

Nos minutos finais, o Santos ainda teve duas chances, uma em cabeçada de Léo Baptistão defendida por Daniel e outra em que a bola bateu no peito de ângulo e passou por cima do gol.

O segundo tempo começou aberto. Aos seis minutos, após cobrança de escanteio da direito, Zanocelo cabeceou no primeiro pau e Léo Baptistão, sozinho no segundo, cabeceou por cima do gol. Aos sete minutos, o Inter respondeu e Pedro Henrique recebeu dentro da área, mas chutou na rede pelo lado de fora.

O Santos abriu o placar em mais um lance em que foi preciso a intervenção do VAR. Aos 17 minutos, Bruno Oliveira recebeu de Rwan Seco e deu um lindo passe para Lucas Braga, que driblou o goleiro Daniel e tocou para o gol. O bandeira marcou impedimento, mas o árbitro de vídeo deu condição legal e confirmou o gol.

O Internacional chegou aos empate oito minutos depois. Após boa jogada de Pedro Henrique pela esquerda e bate-rebate na área, a bola sobrou para Bruno Mendez chutar e acertar o ângulo do goleiro João Paulo.

O Santos perdeu uma grande oportunidade de ampliar aos 34 minutos. Após tabela entre Gabriel Pirani e Bruninho, a bola sobrou dentro da área para o lateral Lucas Pires, que bateu de primeira, mas a bola bateu no peito de Vitão, na trave e saiu.

O Internacional teve uma grande chance com Taison aos 40 minutos, mas João Paulo saiu bem do gol e salvou o Peixe mais uma vez.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários