Willian
Divulgação
Willian

A Polícia Civil de São Paulo prendeu o suspeito de ameaçar o jogador e a família de Willian, do Corinthians. Trata-se de Rafael Rocha, de 21 anos, auxiliar de nutrição.

De acordo com o delegado Cesar Saad, a prisão ocorreu no Capão Redondo, na Zona Sul da capital.

Em uma das mensagens ameaçadoras, o torcedor identificado como "raphaoriginal" diz: "Corinthians é tiro, é bandido, é facada, time de favela, de bagunça. Não é essa porra que tá aí não, cambada de marica. Ou joga por amor ou joga por terror!! Já vai tarde, fi (sic). Tem que ser homem em dobro pra vestir nossa camisa, cuzão", escreveu em post , marcando a conta do jogador.

Segundo o delegado da DRADE (Departamento de Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva), Rafael afirmou em depoimento não ter ligação com torcidas organizadas e pegou a postagem na internet e copiou. 

Ele foi indiciado pelo crime de ameaça por meios eletrônicos e deverá ser solto porque a prisão não foi em flagrante.

Willian havia feito a denúncia na última quarta-feira, quando registrou um boletim de ocorrência. Essa é a segunda vez desde que voltou ao Brasil que o jogador é ameaçado. A primeira ocorreu após a derrota para o Always Ready.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários