Scarpa anotou um hat-trick contra o Deportivo Táchira
Foto: Cesar Greco / Palmeiras - 24.05.2022
Scarpa anotou um hat-trick contra o Deportivo Táchira

Deu a lógica, a goleada e o recorde! O Palmeiras bateu o Deportivo Táchira por 4 a 1, nesta terça-feira, no Allianz Parque e passou a ser o clube com a melhor campanha e o melhor ataque da história da fase de grupos da Libertadores. Com hat-trick de Scarpa e um gol de Rony, o Verdão agora decide o mata-mata em casa até a semifinal. Gutiérrez descontou para os venezuelanos, que foram eliminados.

Veja abaixo galeria de fotos do jogo:


Verdão abre 2 a 0 com dois de Scarpa e passa a dosar energia
Como era de se esperar, o Palmeiras começou o jogo avançando suas linhas e pressionando o Táchira, que se fechou na defesa desde o primeiro tempo. Embora conseguisses virar o jogo de um lado para outro, foram poucas as chances nos primeiros minutos. A única foi com Scarpa, por cima do gol de Varela, sem perigo. Depois, em boa trama com Navarro, o camisa 14 se enrolou e não finalizou bem.

Logo depois, Simisterra quase marcou, mas Weverton impediu. Scarpa, por sua vez, não desistiu. Dessa vez, porém, ele nem chutou. Aos 14 minutos, o meia tentou um cruzamento, Rony passou pela bola e Varela aceitou um "frango" bizarro: 1 a 0. Com isso, Scarpa foi responsável por estabelecer o recorde alviverde de mais gols marcados na história da fase de grupos da Libertadores com 22.

O Palmeiras seguia bem na partida e parecia querer mais. Aos 18 minutos, Gómez quase marcou de cabeça em escanteio de Scarpa. Aos 20', Rafael Navarro arrancou para dentro da área e foi derrubado, sofrendo pênalti. Adivinhe quem foi para a bola... Ele mesmo, Gustavo Scarpa. O camisa 14 bateu e converteu seu segundo gol na partida, aumentando o recorde palmeirense para 23 tentos.

A partir dali, o Verdão passou a dosar energia. Com vantagem confortável no placar, o time de Abel Ferreira passou a tocar a bola e buscar as melhores oportunidades para atacar. Rony e Gabriel Menino tentaram marcar, mas as finalizações foram por cima do gol. Mas quem chegou com mais perigo foi o Táchira, com Figueroa, exigindo uma defesaça de Weverton, que garantiu o 2 a 0 no placar.

Verdão toma um susto no retorno, mas se recupera e goleia
Na volta do intervalo, o Palmeiras pareceu disperso e logo aos dois minutos do segundo tempo acabou sofrendo um gol do Táchira em vacilo defensivo durante bate e rebate após escanteio. Gutiérrez marcou para os venezuelanos. Não demorou e o Verdão foi atrás do terceiro gol. Aos 11 minutos, Dudu tabelou com Navarro e cruzou, o goleiro rebateu e a bola bateu em Rony e entrou. 3 a 1 Alviverde.

Depois de retomada a vantagem tranquila, o Palmeiras parecia querer mais. Abel lançou a campo Vanderlan e Breno Lopes. Poucos minutos depois, Navarro fez belo lançamento para o herói da Libertadores-2020, que invadiu a área e foi derrubado. Pênalti. Scarpa, de novo, bateu com segurança e fez o terceiro dele na partida. Aos 30, ele quase fez o quarto, mas a zaga salvou na linha.

Depois do quarto gol, o Palmeiras voltou a diminuir o ritmo, mas ainda assim teve boas chegadas. Primeiro com Dudu, que chutou forte e rasteiro, exigindo boa defesa de Varela. Em seguida foi Vanderlan, de longe, que fez o goleiro espalmar com perigo para dentro da área. Apesar dessas tentativas, o Verdão ficou mesmo com o 4 a 1 no placar e garantiu seu nome na história da Libertadores.

E agora?
Com a vitória, o Palmeiras chega a 18 pontos, com 100% de aproveitamento, garantindo não apenas a melhor campanha da fase de grupos da edição atual, como também da história da Libertadores, por conta do saldo de gols (22), superando o Boca Juniors de 2015, que também teve 100% de aproveitamento, mas com saldo 17.

Além disso, passou a ser o melhor ataque da história dessa etapa da competição, com 25 gols, superando o River Plate de 2020, que teve 21. Agora o Verdão aguarda o sorteio das oitavas de final nesta sexta-feira, e terá vantagem de definir o segundo jogo em casa até a semifinal do torneio, uma vez que a final é em jogo único.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários