Jorge Jesus estipulou data para resolver sua vida profissional
Reprodução/Globo
Jorge Jesus estipulou data para resolver sua vida profissional

Chegou o dia 20, data em que Jorge Jesus (veja fotos na galeria abaixo) disse, em recente passagem pelo Brasil, a "data limite" para resolver a sua vida. O treinador de 67 anos está livre desde o fim de 2021 e declarou que gostaria de voltar o Flamengo.


Mas, ele está mesmo é de malas prontas para conhecer as instalações do Fenerbahçe, na Turquia, nesta semana. Já o Flamengo, que viveu dias de atrito público entre a atual comissão técnica de Paulo Sousa e o goleiro Diego Alves, segue sem fazer qualquer movimento pela volta do Mister.

Jorge Jesus esteve reunido por videoconferência com Ali Koç, presidente do Fenerbahçe, na última terça-feira, e avançou em um acordo. O treinador é esperado em Istambul para uma conversa final com o clube. A família o acompanhará.

O portal lusitano O Jogo chegou a informar que a tendência é que Jesus, caso realmente acerte com o Fenerbahçe, assine um contrato de duas temporadas (até junho de 2024). Recentemente, a imprensa turca revelou que o treinador havia pedido um salário de 10 milhões de euros (R$ 52 mi), incluindo sua comissão.

Jesus, que veio ao Brasil de férias, chegou a falar para o jornalista Renato Maurício Prado, que poderia esperar pelo Flamengo até o dia 20 de maio, mas que precisaria resolver sua vida após este período. Criou polêmica com a declaração.

Ao mesmo tempo, o Flamengo tenta abafar uma crise interna. Nenhuma das partes envolvida na mais recente polêmica, goleiro, técnico ou dirigentes, veio a público dar sua versão ou explicar o episódio.

O goleiro Diego Alves não teria gostado das declarações do técnico após a vitória do Flamengo contra sobre a Católica, pela Libertadores, para o qual o atleta não foi relacionado por se recuperar de dores no púbis. Após a entrevista, ele fez uma postagem no Instagram com a foto do ex-atacante Adriano e a frase dita por ele: "Que Deus perdoe essas pessoas ruins".

Segundo fontes ligadas ao técnico, pessoas próximas ao goleiro podem estar tentando aproveitar a má fase de Hugo para que o veterano seja colocado para a torcida como uma solução no gol. O objetivo de Paulo Sousa na coletiva foi, de acordo com estas fontes, deixar claro que para considerar o atleta na disputa ele precisaria passar por um processo de recuperação como todos os demais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários