Hulk foi denunciado por causa de um lance que ocorreu na partida frente o Coritiba
Pedro Souza/Atlético
Hulk foi denunciado por causa de um lance que ocorreu na partida frente o Coritiba

O atacante Hulk , do Atlético-MG , foi julgado nesta quarta-feira (18), no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), após ter sido denunciado pela Procuradoria por um chute que deu em um adversário do Coritiba. O atleta acabou sendo absolvido por unanimidade (cinco votos), e não desfalcará o Galo em nenhuma partida.


O depoimento dado por Hulk, que esteve presente na sessão através de uma videochamada, foi pautado na sua ficha disciplinar limpa. O jogador alegou que nunca agrediu nenhum adversário, e que estava apenas num lance normal de disputa de bola.

"Nunca vou deixar de disputar uma bola, mas não sou desleal. Não tive intenção nenhuma de agredir. Quando a minha caneleira atingiu ele, ele caiu depois, não foi imediato", disse Hulk, antes de completar:

"Para mim, um lance normal de disputa de bola. Quando tento tomar a bola do adversário, é um chute sem intensidade. Sou um atleta competitivo, disputo todas as bolas, mas nunca fui desleal. São quase 16 anos de carreira e nunca fui expulso por jogada desleal. Eu conversei com o jogador do Coritiba, ele só caiu depois do chute. Na hora que disputo a bola, a bola estava posicionada entre as pernas dele, eu tentei alcançar.", disse o atacante do Atlético-MG.

Com o resultado do julgamento, Hulk está a disposição do técnico El Turco Mohamed para as próximas partidas. Nesta quinta-feira (19), inclusive, o jogador estará em campo para o duelo do Atlético-MG contra o Independiente Del Valle, do Equador, no Mineirão, em partida váida pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários