CBF quer se desfazer de aeronaves que geram gastos de R$ 12 mi por ano
Foto: Lucas Figueiredo / CBF
CBF quer se desfazer de aeronaves que geram gastos de R$ 12 mi por ano

A CBF marcou uma Assembleia Geral Extraordinária do seu Conselho de Administração, para o próximo dia 24, para conseguir a aprovação de seus membros para vender um avião, um helicóptero, um carro de luxo e duas salas comerciais no Centro do Rio de Janeiro. A proposta já foi aprovada pelo Conselho Consultivo por unanimidade.

Veja abaixo galeria de fotos de Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF:


A venda desses itens foi uma promessa de Ednaldo Rodrigues quando assumiu a presidência da CBF. Segundo contou, ele mesmo, que antes de assumir a presidência era vice da CBF, nunca andou no helicóptero da entidade.

De acordo com Ednaldo Rodrigues, a CBF gasta cerca de R$ 12,5 milhões por ano com a manutenção das aeronaves.

O avião da CBF foi fabricado em 2009 e tem espaço para nove pessoas. Já o helicóptero é de 2010 e pode transportar quatro passageiros. As salas comerciais somam 55m2.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários