Paulo Sousa dá recado a Jorge Jesus após perder clássico pelo Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo
Paulo Sousa dá recado a Jorge Jesus após perder clássico pelo Flamengo

Numa semana marcada pelas declarações de Jorge Jesus sobre o interesse em voltar ao Flamengo e até criticar o trabalho feito por Paulo Sousa, era de se esperar que este episódio reverberasse na torcida. Principalmente diante de uma derrota no clássico para o Botafogo (1 a 0), pelo Brasileiro. Na reta final da partida, os gritos de "mister" ecoaram nas arquibancadas do Mané Garrincha, em Brasília.

Personagem importante deste imbróglio, o técnico Paulo Sousa falou pela primeira vez sobre o episódio. O treinador evitou adotar o mesmo tom de seu procurador, que durante a semana acusou Jesus de faltar com a ética. O atual treinador do Flamengo limitou-se a dizer que valoriza a história do conterrâneo com o clube e disse que deseja que ele encontre paz consigo mesmo.

"É um treinador que respeito. Respeito a história do Flamengo e a importância do que o Jorge foi no Flamengo em 2019. Também temos que respeitar o Paulo Carpegiani, que ganhou um dos títulos mais importantes, senão o mais importante da história do clube. E é esta a situação. O Jorge eu só peço a Deus que o abençoe e a toda sua familia. E que, sinceramente, de todo coração, só peço que ele tenha saúde e paz. Sobretudo consigo mesmo. E sucesso", disse Sousa.

O técnico confirmou ja ter conversado com a diretoria rubro-negra sobre o assunto. Mas recusou-se a entrar em detalhes. Sobre as crítias da torcida, afirmou entender ser responsabilidade dele e do time atender aos níveis de exigência.

"Temos que superar a exigência da nosa torcida, que quer nos ver ganhar. E hoje fizemos de tudo para isso. Tivemos um ataque avassalador, muitas oportunidades clarríssimas para sair com vitória", comentou o técnico, que lamentou os gols perdidos mas focou suas críticas a erros defensivos.

"Ficou bem demonstrado que a equipe corre, acredita, cria oportunidades para ganhar. Temos que jogar fora como jogamos em casa. O Flamengo tem que ter uma ideia bem consistente. E melhorar na transição defensiva. O momento não é positivo, mas estamos convencidos que isso vai mudar."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários