Santos vence o Coritiba na Vila Belmiro
Ivan Sorti/Santos
Santos vence o Coritiba na Vila Belmiro

Com uma boa atuação no primeiro tempo, o Santos venceu o Coritiba por 2 a 1 na manhã deste domingo, na Vila Belmiro, e conseguiu a primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Os gols do Peixe foram marcados por Léo Baptistão e Henrique (contra). Léo Gamalho, em pênalti polêmico, descontou.


As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, em Curitiba, na partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

O jogo

O jogo começou em ritmo quente. Logo com um minuto, após cruzamento de Guilhermo, o volante Andrey apareceu entre os zagueiros e cabeceou, mas o goleiro João Paulo fez grande defesa e mandou para escanteio. O Santos deu o troco aos quatro minutos. Léo Baptistão tabelou com Marcos Leonardo e bateu cruzado, mas a bola passou na frente do gol de Alex Muralha.

O Santos passou a explorar muito o lado direito, com o garoto Ângelo. Aos oito minutos, o atacante deu bom passe para Léo Baptistão, que girou o corpo e chutou em cima do goleiro Alex Muralha. No rebote, o próprio Ângelo chutou por cima do gol.

O primeiro gol saiu pela direita, Aos 11 minutos, Ângelo deu passe espetacular para Léo Baptistão. O atacante tentou o passe para Marcos Leonardo, que foi travado pelos zagueiros. No rebote, Baptistão tocou para o gol vazio.

O Peixe seguiu sob o comando do garoto Ângelo. Aos 15 minutos, ele deu uma caneta em um adversário na entrada da área e bateu colocado, mas o goleiro Alex Muralha fez grande defesa e mandou a bola para escanteio.

O Coritiba chegou ao em empate em lance polêmico. O árbitro Wagner do Nascimento Magalhães marcou pênalti em carrinho de Zanocelo no volante Andrey. Aos 27 minutos, Léo Gamalho cobrou a penalidade no canto direito do goleiro João Paulo e marcou.

O Santos voltou a ficar em vantagem aos 31 minutos. Marcos Leonardo recebeu no meio-campo e deu bom passe para Lucas Pires. O lateral cruzou rasteiro, o zagueiro Henrique tentou cortar e mandou contra o próprio gol.

Se o primeiro tempo foi bem jogado, o segundo foi brigado, com muitas faltas e cartões amarelos para as duas equipes. O Coritiba saiu para o jogo e o técnico Fabián Bustos fez mudanças para tentar segurar o resultado, como a entrada de William Maranhão na vaga de Zanocelo.

O time paranaense controlou as ações. Aos 27 minutos, Egídio recebeu na área e soltou a bomba, mas o goleiro João Paulo fez boa defesa.

Leia Também

O Santos ainda teve uma grande jogada aos 31 minutos. Após cruzamento da direita, Lucas Braga cabeceou no segundo pau e o goleiro Alex Muralha fez uma grande defesa para evitar o terceiro gol.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 2 X 1 CORITIBA


Data e hora: 17 de abril de 2022, às 11 horas

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa-RJ)

Árbitros assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)

Árbitro de vídeo: Carlos Eduardo Nunes Braga


Gols: Léo Baptistão, 11'/1ºT (1-0), Léo Gamalho, 27'/1ºT (1-1), Henrique (contra), 31'/1ºT (2-1)

Cartões amarelos: Eduardo Bauermann e Madson (SAN) e Alef Manga, Andrey, Igor Paixão e Guilhermo (COR)


SANTOS: João Paulo, Madson (Velázquez, aos 30'/2ºT), Maicon, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Rodrigo Fernández, Zanocelo (William Maranhão, aos 11'/2ºT) e Léo Baptistão (Lucas Barbosa, aos 30'/2ºT); Jhojan Julio, Marcos Leonardo (Angulo, aos 20'/2ºT) e Ângelo (Lucas Braga, aos 20'/2ºT). Técnico: Fabián Bustos

CORITIBA: Alex Muralha; Guilhermo (Matheus Alexandre, aos 20'/2ºT), Henrique, Luciano Castán e Egídio; Willian Farias, Andrey (Val, aos 20'/2ºT)e Thonny Anderson (Robinho, no intervalo); Igor Paixão, Alef Manga (Adrian Martínez, aos 36'/2ºT) e Léo Gamalho. Técnico: Gustavo Morínigo

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários