Paquetá está entre os convocados da seleção que jogarão as próximas partidas das Eliminatórias
Reprodução/Instagram
Paquetá está entre os convocados da seleção que jogarão as próximas partidas das Eliminatórias



Convocado por Tite para defender a seleção brasileira nos jogos contra Chile e Bolívia, o meia Lucas Paquetá abordou na coletiva desta terça-feira as  pesadas críticas que Neymar vem recebendo da imprensa francesa. O camisa 10 foi acusado de participar de treinos do PSG no "limite da embriaguez" por Daniel Riolo, jornalista da "RMC Sport". Tal acusação fez o ex-jogador do Flamengo sair em defesa de Neymar.

Veja abaixo galeria de fotos de Paquetá:


Leia Também

"Eu acho que isso é até desrespeitoso em se falar, em transmitir informações que não são verdadeiras. Ele (Neymar) obviamente não comentou isso, acredito que não seja verdade. Mas as pessoas falam demais e isso acaba nos afetando de certa forma, um pouco. É difícil filtrar. Você não pode acreditar no que as pessoas falam e colocar isso como certeza num atleta. Tem muitas coisas que envolvem o atleta e o Neymar é profissional, acredito que ele não tenha feito isso", afirmou.

Leia Também

Se a fase de Neymar na França não é boa, o mesmo não podemos dizer de Lucas Paquetá. O meia, de 24 anos, está na sua segunda temporada no Lyon e já conquistou os corações dos torcedores do clube. O ex-jogador do Flamengo ressaltou a importância do atacante do PSG no grupo do Brasil.

"Você vai sempre escutar da minha boca que o Neymar acima de tudo é uma grande pessoa, um grande profissional, que tem um talento incrível e sem dúvidas é o nosso melhor jogador da seleção brasileira. Tê-lo do lado é um privilégio. Eu, particularmente, quando tenho Neymar do meu lado, me sinto muito mais forte, assim como todos os companheiros. Ele também sente isso quando está na seleção. A gente se motiva mais, se abraça mais e isso nos torna mais fortes", disse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários