Ricardo Goulart comemora após marcar contra o Água Santa
Foto: Ivan Storti / Santos FC - 19.03.2022
Ricardo Goulart comemora após marcar contra o Água Santa

Um jogo nervoso, tenso, com cara de decisão. Não valia título, mas valia a vida. E o Santos conseguiu sobreviver e se manter na elite do Paulistão, ao vencer o Água Santa por 3 a 2, de virada, neste sábado, na Vila Belmiro.

Veja abaixo galeria de fotos do jogo:


O Peixe suou, mas, pelo segundo ano seguido, escapou do rebaixamento para a Segunda Divisão na última rodada. A sonhada vaga para as quartas de final, no entanto, não chegou, já que o Santo André bateu a Inter de Limeira e ficou com a segunda vaga do grupo.

Fora da próxima fase do Paulistão, o Alvinegro Praiano agora terá tempo para se preparar para a próxima fase da Copa do Brasil. O Peixe avançou para a terceira fase após passar, nos pênaltis, pelo Fluminense-PI, fora de casa.

O jogo
Como era de se esperar, o Santos começou o jogo nervoso, mas buscando o gol. No entanto, aos 10 minutos, após cobrança de escanteio fechada que acertou a trave, a zaga santista não conseguiu afastar e viu Dadá Belmonte abrir o placar para o Água Santa.

Leia Também

O que poderia se transformar em drama, no entanto, virou reação no minuto seguinte, depois que Zanocelo matou no peito e marcou um golaço para deixar tudo igual. Era o que o Santos precisava para recuperar a confiança.

Ricardo Goulart, de peixinho, aos 15, e Kaiky, com uma cabeçada fulminante, aos 28 minutos, decretaram a virada do Alvinegro antes da descida para os vestiários, e tranquilizaram os nervos em relação ao risco de rebaixamento.

No segundo tempo, o Santos, sabendo que a vaga nas quartas de final estava mais longe, diminuiu o ritmo, mas não o suficiente para ver o Água Santa ameaçar a vitória e ou a permanência do Peixe na elite do futebol paulista.

O Água Santa diminuiu logo após a expulsão de Eduardo Bauermann, com Rodrigo Sam, mas o placar de 3 a 2 não mudou nada em termos de classificação.

O Santos se despede do Paulistão 2022 com vitória, mas também com a lição (mais uma) de que precisará fazer muito mais se não quiser flertar perigosamente com a parte de baixo da tabela no próximo Campeonato Brasileiro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários