Ronaldo Fenômeno
Divulgação
Ronaldo Fenômeno

O ex-jogador de futebol, Ronaldo Fenômeno fez um pronunciamento na noite da última terça-feira para abordar a reunião que teve com conselheiros do Cruzeiro.

O ex-atacante afirmou que para dar continuidade ao processo para adquirir a SAF do clube mineiro, precisa assumir os CTs da das Tocas I e II, em Belo Horizonte. A oferta foi vista com desconfiança por alguns conselheiros.

"A gente tem que acelerar isso, porque se eu não tenho essas garantias, é muito difícil a gente continuar no processo e evoluir no projeto, porque até para a gente ter novos investidores, patrocínios, o mercado está esperando essa definição", afirmou o ex-jogador de futebol.

Apesar do clima de indecisão, Ronaldo afirmou que houve avanço nas conversas e tentou aparentar um comportamento de otimismo em relação ao futuro da SAF do clube mineiro.

Leia Também

"A gente acabou a reunião com bom entendimento. Foi o que falei com eles: estamos cercados dos melhores profissionais do Brasil em reestruturação de dívidas. Temos as melhores pessoas nos aconselhando, embarcados nesse projeto, e essa realmente foi a melhor opção que encontramos. Temos certeza que é o melhor caminho para seguir evoluindo e cumprindo nossas responsabilidades", disse.

O ex-jogador se comprometeu a não utilizar os espaços destinados à propriedade das Tocas I e II para ganho imobiliário. Além disso, Ronaldo afirmou que, caso isso aconteça, irá repassar parte do valor ganho à associação.

"Quero reafirmar publicamente que não é do nosso interesse – e não será do nosso interesse – usar qualquer uma das Tocas como investimento imobiliário. Ou seja, amanhã ou depois, se na região da Pampulha puder construir prédios, eu recebo proposta pela Toca I, eu me comprometo que não vou vender", contou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários