Javier Tebas
Divulgação
Javier Tebas

A reunião de Javier Tebas, presidente de La Liga — o Campeonato Espanhol —, com os clubes brasileiros teve projeções ousadas do dirigente. Entre os assuntos discutidos nesta terça-feira, o executivo estimou que uma futura liga de clubes brasileiros pode chegar a valer até 10 bilhões de euros (56 bilhões de reais) em alguns anos, cinco vezes mais que a estimativa atual.

O evento contou também com a participação de representantes da XP Investimentos e da consultoria Alvarez & Marsal. Na reunião, que teve como tópicos a gestão, governança, direção e direitos de transmissão, entre outros, Tebas afirmou que a liga pode estar entre as cinco maiores do mundo.

Foram apresentados pilares de uma possível negociação para a entrada e aquisição por parte de investidores. A ideia prevê que nenhum clube sofra redução no que já recebe atualmente. O dirigente espanhol ressaltou a importância de que os clubes entrem em acordo para a escolha de um modelo e de um método de transição adequados.

O processo envolveria uma licitação em busca de propostas, e Tebas ressaltou que uma negociação fracionada invariavelmente reduziria o valor. Para aprová-la, sua previsão é de que seja preciso maioria, não exatamente unanimidade entre os clubes participantes.

La Liga entraria com apoio operacional na realização da liga, enquanto a XP ficaria responsável pela captação dos investidores.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários