Luiz Eduardo Baptista chamou Abel Braga de
REPRODUÇÃO/FLAMENGO
Luiz Eduardo Baptista chamou Abel Braga de "bêbado" e "drogado"

Atual vice de Ralações Externas do Flamengo, Luiz Eduardo Baptista foi condenado a pagar R$ 50 mil ao treinador Abel Braga (veja galeria de fotos abaixo) , que, atualmente, defende o Fluminense.

A sentença, proferida nesta sexta-feira (11) pela 4ª Vara Cível, do Fórum Regional de Pinheiros, em São Paulo, condena o dirigente rubro-negro por danos morais ao chamar o treinador de "bêbado" e "drogado".

O episódio acontecem em junho de 2020, quando Abelão, como é conhecido o técnico, ainda defendia as cores do Flamengo. De acordo com Luiz Eduardo, as declarações, que foram feitas ao blog 'Ser Flamengo', não foram para ofender o treinador.

Em relação à defesa dos advogados do dirigente, a magistrada do casa não acatou o argumento sobre a não intenção de ofensa ao treinador.

"A alegação de que o réu não tinha a intenção de ofender o autor não condiz com o conteúdo de suas declarações, que não tinham qualquer caráter informativo ou opinativo. Se não tinha a efetiva intenção de lhe causar danos, no mínimo, agiu de forma extremamente imprudente", relatou a juíza na sentença.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários