Ricardo Goulart foi o responsável por empatar o jogo para o Santos e levar a partida para os pênaltis
Foto: Ivan Storti / Santos FC - 08.03.2022
Ricardo Goulart foi o responsável por empatar o jogo para o Santos e levar a partida para os pênaltis

Foi no sufoco. Depois de começar mal e sair atrás do placar, o Santos, mesmo com um jogador a menos (Camacho foi expulso), buscou o empate em 1 a 1 com o Fluminense-PI, no Albertão, em Teresina, e conseguiu a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil ao vencer nos pênaltis por 5 a 4. O meia-atacante Ricardo Goulart fez o gol do Peixe, que ainda teve um gol de Marcos Leonardo mal anulado pela arbitragem.

Veja abaixo galeria de fotos do jogo:


O sorteio da terceira fase será no final de março. Agora, o Santos volta suas atenções para o Campeonato Paulista e terá pela frente o clássico contra o Palmeiras no próximo domingo, no Allianz Parque, em São Paulo.

O jogo
Em casa, adaptado ao gramado, o Fluminense-PI começou melhor a partida e teve uma grande chance logo aos oito minutos. Após bate e rebate na área, Eduardo recebeu sozinho e chutou por cima do gol de João Paulo. Aos 13, Janeudo fez boa bojada pela esquerda e cruzou, Eduardo cabeceou e a bola saiu à direita do gol do Santos.

O Santos ameaçou pela primeira vez aos 18 minutos. O meia-atacante Ricardo Goulart aproveitou sobre na entrada da área e chutou forte, mas a bola passou por cima do gol.

O Fluminense-PI teve uma grande chance aos 31 minutos. Mário Sérgio recebeu de Eduardo, ganhou de Kaiky, invadiu a área e chutou cruzado, mas a bola passou raspando a trave direita de João Paulo.

O Peixe deu o troco aos 35 minutos. Ângelo fez boa jogada pela direita e arriscou de fora da área, mas a bola saiu raspando a trave direita de Nícolas. Aos 37, pelo outro lado, Marcos Guilherme arriscou da entrada da área e a bola passou raspando a trave esquerda do Fluminense-PI.

Melhor em campo, o time da casa abriu o placar aos 41 minutos. Após cobrança de lateral da esquerda, Eduardo desviou de cabeça no primeiro pau, Mário Sérgio dominou no peito e bateu de virada para vencer o goleiro João Paulo e fazer o primeiro gol do jogo.

Leia Também

O Santos voltou para o segundo tempo com uniforme branco e outra postura. Logo aos quatro minutos, Ricardo Goulart recebeu na área, fez boa jogada e chutou cruzado, Marcos Leonardo, em posição legal, apareceu no segundo pau e empurrou para o gol, mas o bandeira marcou impedimento inexistente. Nesta fase da Copa do Brasil ainda não temos o árbitro de vídeo.

O Fluminense quase fez o segundo aos 15 minutos. Após cruzamento de Sapé pela direita, William Salvino apareceu livre no segundo pau e chutou forte, mas o goleiro João Paulo fez grande defesa e salvou o Santos.

O Santos ainda teve o volante Camacho expulso antes dos 30 minutos. Aos 31 minutos, Salvino puxou contra-ataque e deixou o lateral Gean na cara do goleiro João Paulo, mas o jogador do Fluminense-PI tentou de cavadinha e a bola passou raspando a trave do Santos.

Na base da pressão, o Peixe chegou ao empate. Aos 36 minutos, o meia Gabriel Pirani deu lindo passe para Ricardo Goulart, que girou o corpo, invadiu a área e chutou na saída do goleiro Nícolas. Foi o terceiro gol do principal reforço do Peixe na temporada.

Nos acréscimos, o Fluminense-PI quase fez o gol da vitória. Após cobrança de falta da direita, Eduardo ganhou de Bauermann e cabeceou no canto, mas a bola saiu raspando a trave.

A decisão foi para os pênaltis. Ricardo Goulart abriu as cobranças e fez 1 a 0 para o Santos. Eduardo cobrou com cavadinha e empatou em 1 a 1. Vinícius Zanocelo cobrou bem e fez 2 a 1 para o Peixe. Mazinho fez a segunda cobrança do Fluminense-PI e acertou no travessão.

Na terceira cobrança santista, Gabriel Pirani chutou colocado e o goleiro Nícolas fez boa defesa. Michel fez a terceira cobrança do time da casa e empatou em 2 a 2. Lucas Braga fez a quarta cobrança do Santos e marcou o terceiro gol. Tarcísio fez a quarta cobrança do Fluminense-PI e deixou tudo igual novamente.

Na quinta cobrança santista, o garoto Lucas Barbosa acertou o canto direito e marcou o quarto gol. Tiaguinho fez a cobrança pelo time da casa e deixou tudo igual.

Nas cobranças alternadas, Lucas Pires cobrou forte no meio do gol, o goleiro Nícolas chegou a tocar na bola, mas ela entrou. O zagueiro Ramon fez a sexta cobrança do Fluminense-PI e acertou o travessão, dando a vitória do Peixe por 5 a 4 nas cobranças de pênalti.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários