Santos vacila e cede empate ao lanterna Novorizontino pelo Paulistão
Foto: Pedro Azevedo / Santos
Santos vacila e cede empate ao lanterna Novorizontino pelo Paulistão

O Santos não conseguiu vencer o Novorizontino, pior time do Campeonato Paulista, em seu último desafio antes da chegada de Fabián Bustos, novo treinador: 2 a 2.

Veja abaixo galeria de fotos do jogo:


Os gols do péssimo resultado na Vila Belmiro foram marcados pelo camisa 10 Ricardo Goulart, segundos depois de o placar eletrônico fazer a tradicional homenagem ao Rei Pelé, como ocorre após o minuto 10 de cada partida disputada no estádio, e Lucas Barbosa, que substituiu Ângelo no segundo tempo.

O Peixe volta a campo pelo Paulistão no próximo sábado (5) para encarar a Ferroviária, em Araraquara, pela 10ª rodada, provavelmente com a estreia de Fabián Bustos. O time do interior é treinado por Elano, campeão brasileiro com a camisa do Peixe em 2002 e 2004.

O jogo
Desfalcado, o Santos chegou a ter alguns bons momentos no jogo, principalmente quando a bola caía nos pés de Ângelo, mas voltou a apresentar problemas graves no meio-campo.

Com apenas 12 segundos o time chegou forte no ataque, e só não abriu o placar porque Ricardo Goulart chegou um pouco atrasado na hora de chutar contra o gol do experiente Giovanni, ex-goleiro do Atlético Mineiro.

Leia Também

Aos 11 minutos, no entanto, pouco depois de o placar homenagear o Rei Pelé, como tem feito em todos os jogos, e de João Paulo brilhar pela primeira vez, Balieiro avançou pela direita e cruzou na cabeça de Ricardo Goulart, com a 10 que Pelé imortalizou, cabecear para o chão e fazer 1 a 0.

Segundo tempo
No início do segundo tempo Marcos Guilherme fez grande jogada, mas levou azar na conclusão e acabou acertando a trave do goleiro Giovanni.

Logo na sequência, o que ninguém previa. Vinícius Balieiro fez um pênalti infantil e Douglas Baggio converteu, marcando o segundo gol do Novorizontino em nove rodadas do Paulistão: 1 a 1.

Marcelo Fernandes resolveu mexer no time e sacou Ângelo, que era o atacante mais lúcido do time, para a entrada de Lucas Barbosa, destaque da Copinha. Também mandou Jobson a campo, na esperança de melhorar o desempenho do meio-campo.

Apesar de ter errado na substituição, o interino deu sorte, e viu Lucas Barbosa, em seu primeiro toque na bola, colocar o time de novo na frente.

A alegria, no entanto, durou pouco, e Marcinho, pegando de primeira, deixou tudo igual aos 40 minutos, para desespero do torcedor, que fechou o jogo aos gritos de "time sem vergonha".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários