Eduardo Ramos
Instagram
Eduardo Ramos



O ex-jogador do Corinthians, Eduardo Ramos, desistiu de prestar queixa contra Diego Alves, vereador da cidade de Ananindeua, no Pará, por um suposto crime de ameaça de morte.

O delegado Gilanderson Caldas confirmou a informação para o portal "Roma News" e afirmou que o atleta disse que os dois são amigos. Ainda haverá um inquérito para investigar as supostas agressões sofridas pela esposa do político.

Tudo começou quando Eduardo Ramos registou um Boletim de Ocorrência na Seccional da Cidade Nova. O atleta relata ter sofrido ameaças do vereador, após o político ter invadido o quarto de um motel e ter encontrado a sua esposa, Izabelle Pereira, ao lado dele. Segundo Eduardo, a mulher foi espancada. 

O ex-atleta do Timão teria contado que o político prometeu que "iria se vingar" e, em seguida, "saiu arrastando" a mulher do quarto. Desde então, Eduardo afirmou que passou a receber ligações do vereador e que temer pela sua vida. O meia relatou ainda que Diego Alves não foi preso em flagrante. O caso foi registrado às 3h da madrugada do dia 3 de fevereiro deste ano.

Leia Também

Porém, quinze dias depois, em 18 deste mês, Eduardo retirou a queixa contra o vereador. Em contato com o site "O Liberal", Diego Alves negou o ocorrido. O político se disse amigo de Eduardo Ramos e admitiu um desentendimento com o atleta, porém, de acordo com o político, não houve nenhuma ameaça e sua esposa não estaria envolvida.

"Eu não sei como tudo isso aconteceu depois desse ocorrido, já envolveram o nome da minha esposa, ela não tem nada a ver com a história. Eduardo é meu amigo de muito tempo, a gente se desentendeu, discutimos, fomos à delegacia e lá nos resolvemos", disse.

A esposa do político confirmou o que foi dito pelo marido. "Eu não tive acesso a essa denúncia, não fui procurada pela Polícia. Mas nada disso procede, não houve agressão. A pessoa que fez esse boletim de ocorrência precisa rever o que denunciou".

Em setembro do ano passado, Eduardo Ramos se envolveu em outra polêmica. Naquela ocasião, envolvendo o cantor Breno Tilman e a sua ex-namorada Paula Thays Moura. Uma foto da mulher fazendo sexo oral no jogador viralizou nas redes sociais. Na ocasião, o volante foi considerado um dos possíveis autores da divulgação, porém, o atleta negou o ocorrido e a mulher aceitou a justificativa do atleta.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários