Paulo Fonseca
Reprodução/Instagram
Paulo Fonseca

Na manhã desta quinta-feira (24), tropas russas invadiram a Ucrânia, após o presidente Vladimir Putin anunciar uma "operação militar especial" que se iniciou no leste da Ucrânia.

Com isso, além do povo ucraniano, pessoas que circulavam por Kiev, capital do país, vivem um drama nas últimas horas. Entre elas está o técnico Paulo Fonseca (veja galeria de fotos abaixo) , cotado recentemente no Corinthians.

Em entrevista ao 'Jornal de Notícias', o português afirmou que é "impossível" sair da cidade e que está rezando para se livrar da situação.

"Acordei às cinco da manhã com cinco explosões seguidas. Neste momento só se consegue sair de Kiev por via terrestre, mas as estradas estão completamente paradas. Só resto rezar para que uma bomba não caia junto de nós. Não sei como vou sair daqui", disse.

Vale ressaltar que o treinador passou pelo Skhakhtar Donetsk, da Ucrânia, entre os anos de 2016 e 2019.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários