Tévez
Divulgação
Tévez

Uma notícia, na noite da última terça-feira, assustou a torcida do Corinthians. Segundo o jornal argentino Olé, o atacante Carlos Tevez, ex-jogador do Corinthians e ídolo do Boca Juniors, teria sofrido uma tentativa de assalto na madrugada que culminou em tiroteio e uma morte. 

Ainda segundo o jornal, o caso teria ocorrido no Fuerte Apache, comunidade que o jogador nasceu. "Nas primeiras horas do dia, teria ocorrido um suposto confronto armado com a proteção pessoal do jogador de futebol Carlos Tevez. Como consequência disso, haveria várias armas apreendidas, além de um homem morto", apontou o Olé, com base em um suposto Boletim de Ocorrência.

Porém, a notícia foi desmentida pela polícia e familiáres do jogador para o site MDZ.

"Não houve morte ou tiroteio, nem Tevez envolvido em nenhum evento semelhante", informaram fontes próximas ao jogador. A notícia falsa incluia ainda um relatório policial adulterado com um comissário chamado Funes Mori, um suposto criminoso chamado Diego Armando e um suposto vídeo do momento do tiroteio. Tudo foi negado pela polícia.

O verdadeiro boletim de ocorrência, feito depois de o boato ter começado a circular pelas redes, aponta que o caso não ocorreu.

Veja abaixo:

O relatório policial
SSR AMBA Norte

EPD 3 de fevereiro

Leia Também

Três de fevereiro Sexta Cidadela do Norte

CAPA: INQUÉRITO DE ILEGAL

IPP: 15-00-006864-22/00

DATA: 22-02-2022.

VÍTIMA: CARLOS TEVEZ

UFI: 06 DEPARTAMENTO JUD SAN MARTIN

HORÁRIO: 16h00

SÍNTESE DO FATO: Data e hora, funcionários do GTO são informados por diversas fontes de comunicação que um suposto confronto armado ocorreu nas primeiras horas do dia da data entre a guarda pessoal do jogador de futebol Carlos Tevez no NUDO 01 (BARRAGAN Y AV MILITAR), e em decorrência disso haveria várias armas apreendidas e apreendidas, além de um HAF masculino falecido em um hospital, consulta é evacuada em hospitais e dependências circunvizinhas, dando resultado negativo. A comunicação é mantida com UFI 06 Dr. Farber tem uma capa UT SUPRA e outras formalidades.- CDO CRIO MARTINEZ ERICO I.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários