Ferroviária não conseguiu ser efetiva contra o Palmeiras
Divulgação/Palmeiras
Ferroviária não conseguiu ser efetiva contra o Palmeiras

De volta ao Brasil após o Mundial de Clubes, o Palmeiras parece ter se recuperado da derrota e venceu a Ferroviária por 2 a 0, nesta quarta-feira, em Araraquara, pela sétima rodada do Paulistão-2022. Com gols de Murilo, no primeiro tempo, e Breno Lopes, no segundo, o Verdão garantiu mais três pontos na competição e segue invicto, e líder, do Grupo C do estadual.

(Veja na galeria abaixo fotos do confronto)


Primeiro tempo monótono, mas Alviverde abre o placar

Como era de se esperar, o Palmeiras teve domínio quase que total das ações no primeiro tempo. No entanto, o ritmo da partida foi bastante dosado pelo time visitante, que ainda se recupera da viagem e do desgaste do Mundial de Clubes. Aos 10 minutos veio a primeira chance, quando a zaga da Ferroviária quase marcou contra em desvio na trave. No rebote, ninguém finalizou.

Dali para frente, o jogo passou a ficar ainda mais monótono, sem grandes oportunidades para os dois. O Verdão não conseguia concluir uma jogada e não tinha volume ofensivo. Até que aos 37 minutos, em cobrança de escanteio, Patrick de Paula cruzou para Murilo desviar de cabeça e abrir o placar para o Alviverde. Em seguida, Wesley vacilou na saída de bola, Gegê recuperou e arriscou bonito chute colocado, mas Weverton fez bonita defesa para evitar.

O Palmeiras se mostrou desatento e perdeu mais duas vezes a bola em sua defesa que proporcionaram lances de perigo para a Ferroviária. No segundo deles, Bruno Mezenga quase conseguiu desviar para o gol. No último minuto, porém, Wesley foi mais esperto do que a zaga do time da casa, roubou a bola e finalizou na trave, mas poderia ter passado para Navarro, livre de marcação. Sendo assim, o duelo foi para o intervalo com vantagem palmeirense de 1 a 0.


Sem fazer muito esforço, Verdão amplia e garante mais três pontos


Na volta do vestiário, apenas a Ferroviária fez alteração, colocando Jhoninha, um atacante, no lugar do volante Rafael Luiz. Com isso, aumentou seu volume ofensivo, enquanto o Palmeiras recuou sua marcação para tentar sair em contra-ataques, mas a displicência na condução da bola e os erros de fundamento acabaram minando as tentativas de ampliar o marcador.

Aos 17 minutos, Abel Ferreira trocou Veron e Wesley por Rony e Breno Lopes. Não demorou muito e as alterações surtiram efeito. Em contra-ataque, Rony recebeu de Jailson e cruzou para a área, o goleiro Saulo vacilou e a bola sobrou para Breno Lopes balançar a rede para abrir 2 a 0 no placar. Aos 26, Jailson aproveitou cobrança de escanteio e quase marcou de cabeça, mas a bola saiu.

Nos minutos finais, após Deyverson desperdiçar uma boa chance de fazer o terceiro, a zaga do Palmeiras cochilou novamente em lances consecutivas e quase Bruno Mezenga conseguiu diminuir o placar, mas foi travado pela zaga. Deyverson ainda teve mais uma chance de marcar, mas Saulo impediu.

E agora?


Com a vitória, o Verdão chega aos 13 pontos no Grupo C do Paulistão e segue invicto na liderança de sua chave. Neste sábado, às 16h, enfrenta o Santo André, no Allianz Parque, pela oitava rodada do campeonato estadual. Já a Ferroviária fica com sete pontos e a terceira posição no Grupo B.

Leia Também

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 0 x 2 PALMEIRAS

Local: Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)

Data-Hora: 16/2/2022 - 19h

Árbitro: Raphael Claus

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Evandro de Melo Lima

VAR: Matheus Delgado Candançan

Público: Não disponíveis

Cartões amarelos: Bruno Leonardo, Bernardo e Marquinhos (FER) (PAL)

Cartões vermelhos: Fulano, aos 0'/0ºT (FER) (PAL)

Gols: Murilo (37'/1ºT) (0-1), Breno Lopes (20'/2ºT) (0-2)


FERROVIÁRIA: Saulo; Bernardo, Bruno Leonardo, Léo Rigo e Breno Lopes; Marquinhos (Tony, aos 16'/2ºT) e Thomaz (Júlio Victor, aos 41'/2ºT); Rafael Luiz (Jhoninha, no intervalo), Gegê e Orejuela (Gleyson, aos 16'/2ºT); Bruno Mezenga. Técnico: Elano.


PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Kuscevic, Murilo e Jorge; Jailson (Gabriel Menino, aos 36'/2ºT), Patrick de Paula (Raphael Veiga, aos 29'/2ºT) e Atuesta; Gabriel Veron (Rony, aos 17'/2ºT), Wesley (Breno Lopes, aos 17'/2ºT) e Rafael Navarro (Deyverson, aos 29'/2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários