Dívida do Botafogo com o governo cai de R$ 466 mi para R$ 190 mi
Divulgação
Dívida do Botafogo com o governo cai de R$ 466 mi para R$ 190 mi



O Botafogo conseguiu uma vitória importante na busca para equacionar suas dívidas no fim de 2021. Em um acordo com a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN), o Glorioso conseguiu um desconto de 59%, podendo pagar R$ 190 milhões em vez de R$ 466 milhões, segundo o site "Goal".

Em entrevista ao site, a advogada Andréa Mascitto, do escritório Pinheiro Neto Advogados, explicou, explicou a negociação.

Leia Também

"Negociamos com a Procuradoria, conseguiu o teto máximo da transação, que é um desconto de até 70% da sua dívida, desde que você não coma o principal. As dívidas mais recentes sofrem menor redução, mas as mais antigas sofrem maior redução. O acordo foi fechado em 29 de dezembro, a gente conseguiu incluir nessas mesmas condições dívidas que não tinham sido inscritas. A gente conseguiu que elas gozassem da mesma condição", explicou a advogada.

Para conseguir o novo valor, foram necessárias duas negociações. A primeira, reduziu as dívidas de R$ 418 milhões para R$$ 175 milhões. Já a segunda, de R$ 48,3 milhões para R$ 15 milhões.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários