Atlético-MG
Valinor Conteúdo
Atlético-MG


Após semanas de indefinição, a Supercopa do Brasil foi marcada para o estádio da Arena Pantanal, em Cuiabá. Apesar disso, a escolha do local da partida não agradou o presidente do Atlético-MG, Sérgio Coelho. O dirigente vê privilégio para o Flamengo e afirmou que o Galo não foi consultado pela CBF sobre a decisão.

"O Clube Atlético Mineiro não foi consultado. Embora, fizemos um ofício encaminhado ao presidente Ednaldo e ao diretor de competições, o Manoel Flores. Infelizmente, tomaram a decisão, não nos atenderam e lamentamos", afirmou em entrevista ao portal "globoesporte.com".

Leia Também

O duelo será disputado no dia 20 de fevereiro. Inicialmente marcada para Brasília, a competição foi transferida, porque o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, não autorizou a presença de público no estádio Mané Garrincha, devido ao aumento de casos e mortes na pandemia de Covid-19.

O dirigente do clube mineiro se mostrou indignado com o fato de o Flamengo ter conseguido reservar "o melhor hotel" de Cuiabá antes do Alvinegro e acusou o clube carioca de receber informações antecipadas da CBF.

"Agora, o que mais incomoda ao Atlético e a mim, particularmente, é o Flamengo ter informações privilegiadas dentro da CBF. Quando nós ficamos sabendo que seria em Cuiabá, e foi ontem à noite (terça-feira), nosso departamento de logística fez contato imediato com o melhor hotel de Cuiabá para a reserva. E eles nos disseram que não poderiam nos receber, porque já iriam receber o Flamengo, que havia feito a contratação do hotel há mais dias", disse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários