Jorge Jesus
Divulgação
Jorge Jesus

O ex-vice-presidente do Benfica, José Manuel Antunes, admitiu que foi um erro tirar o técnico Jorge Jesus do Flamengo e fez duras críticas à segunda passagem do português, que terminou no final de dezembro, após uma série de resultados negativos.

Na opinião do ex-dirigente dos encarnados, as dificuldades que o treinador interino, Nélson Veríssimo, vem sentindo desde que foi 'promovido' à equipe principal se devem, precisamente, ao trabalho que foi desenvolvido pelo antecessor.

"O Benfica joga com pouca vontade, com pouca garra, muito desorientado. Penso que ainda são sequelas do péssimo trabalho que Jorge Jesus fez no Benfica durante o ano e meio que por lá passou. Ele deixou um rastro de mediocridade enorme. Nunca devia ter voltado para o Benfica. Foi um erro de 'casting' extraordinário e um grande atraso na vida e na história do nosso clube", disse ele à Rádio Renascença.

O dirigente ainda mandou uma mensagem de apoio ao atual técnico. "Espero que consiga colcoar a equipa nos eixos e que o Benfica possa jogar um futebol que seja minimamente agradável. A vitória é o mais importante, mas para o Benfica não basta ganhar. Queremos sempre encher o olho com boas exibições e isso não está acontecendo", completou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários