Arturo Vidal
Reprodução/Instagram
Arturo Vidal

A casa na Itália de Arturo Vidal, sempre cotado para jogar no Flamengo, foi alvo de um assalto. Os bandidos levaram joias, ouro e até um carro de luxo do chileno, avaliado em 400 mil euros (R$ 2,5 milhões na cotação atual). O bando ainda tentou roubar uma Ferrari do jogador da Inter de Milão, mas não teve sucesso.

Conforme a imprensa local, o crime ocorreu na noite de 7 de novembro, mas apenas foi divulgado neste fim de semana pelo jornal La Provincia di Como. Na ocasião, o atleta estava em San Siro, disputando o clássico entre Inter e Milan. A residência de Vidal fica em Villaggio Del Sole, em San Fermo, na província de Como, e havia cinco carros de luxo estacionados no local.

O caso foi registrado na cidade de Rebbio e está sob investigação. O chileno chamou as autoridades logo que retornou para casa, quando deu falta do carro, viu que as janelas de alguns quartos estavam quebradas e que joias e relógios haviam desaparecido.

Há registros que outros moradores da região foram alvo de bandidos recentemente. A mansão atualmente alugada por Vidal já foi assaltada em 2008, quando Adriano Imperador vivia no local e defendia a camisa da Inter.

Vidal também foi alvo de assaltantes em 2014, durante passagem pela Juventus. Criminosos invadiram a casa dele em Turim e roubaram cerca de 60 mil euros e joias no valor de 90 mil euros que estavam em um cofre.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários