Vina foi o destaque da partida entre Ceará x Corinthians
Stephan Eilert / Ceará SC
Vina foi o destaque da partida entre Ceará x Corinthians

O Corinthians chegou a sua oitava partida fora de casa sem vitórias. Na noite desta quinta-feira (25), o Timão foi derrotado por 2 a 1 pelo Ceará, no estádio do Castelão, em Fortaleza, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. 


O time cearense saiu na frente no início da partida com Vina, em uma falhja do goleiro Cássio na saída de bola, Róger Guedes empatou para o Timão aos 38 minutos do segundo tempo, mas aos 41 a 'Lei do Ex' entrou em ação e Yony González garantiu o triunfo para a equipe nordestina. 

A partida foi marcada por alguns atrasos. Inicialmente da parte do Corinthians, que foi pego de calças curtas por um congestionamento no entorno do estádio do Castelão, chegou ao local da partida faltando meia-hora para o horário do jogo, fez um aquecimento brevíssimo e nem se perfilou para a execução do hino nacional. Os acontecimentos fizeram com que o apito inicial demorasse cerca de cinco minutos.

Já no intervalo, o Ceará demorou para voltar ao gramado e o intervalo durou mais do que 20 minutos. 

CEARÁ ABRE O PLACAR CEDO

Logo aos cinco minutos de jogo, o Vozão saiu na frente, e muito pelo demérito do Corinthians, na figura do goleiro Cássio. Segundos antes, o Ceará havia finalizado pela primeira vez na partida com Vina, que apareceu do lado direito, mas finalizou sem muita direção e parou em Cássio.

No entanto, o goleiro corintiano falhou feio na saída de bola, quando tentou realiza a sápida rápida, foi interceptado por Lima e a bola sobrou oferecida para Vina acertar um chute baixo no canto esquerdo e abrir o placar.

JOGO MORNO

Aos poucos o Corinthians foi crescendo, buscando o jogo, se impondo, mas tendo muita dificuldade no último terço do gramado. A equipe abusava da velocidade de Gabriel Pereira e Du Queiroz pela direita, mas tinha Luan, disperso, errando alguns passes quebrando a dinâmica ofensiva, deixando o jogo morno.

PRIMEIRA BOA CHEGADA DO TIMÃO

O Timão teve mais a bola durante todo o primeiro tempo, mas finalizou pela primeira vez apenas aos 35 minutos, quando Gabriel Pereira arrancou pela direita, deixou para Róger Guedes que soltou para o próprio GP, que apareceu na altura da marca do pênalti, girou contra a marcação, bateu no canto esquerdo, mas parou em ótima defesa do goleiro João Ricardo.

FIM DO PRIMEIRO TEMPO TENSO

Aos 44 minutos do primeiro tempo, uma falta do Gabriel em cima de Vina desencadeou uma grande discussão entre os atletas de Ceará e Corinthians. O clima manteve tenso até a saída dos jogadores para os vestiários, com alguns bate bocas. Nas arquibancadas, alguns torcedores entraram em conflito com a polícia cearense. 

VINA SE MACHUCA

Logo no início do segundo tempo, o autor do gol cearense na partida, Vina, acabou sentindo a posterior da coxa, desabou no gramado e precisou ser substituído. 

CORINTHIANS NÃO CRIA

Precisando do resultado, o Timão não voltou com a mesma postura do fim do primeiro tempo, onde buscou o jogo a torto e a direito. O time seguiu lento em suas trocas de passes e tendo muitos problemas de criação, ainda mesmo quando o técnico Sylvinho promoveu a entrada da dupla Renato Augusto e Giuliano, que por questões físicas iniciaram o jogo entre os reseservas, no lugar de Lua e Du Queiroz. 

O Ceará se aproveitou, principalmente nos erros de passe corintiano no campo de defesa e criou uma série de contra-ataques, mas foi deficiente em concluir. 

CORINTHIANS APERTA E EMPATA

Com as entradas de Renato Augusto e Willian o Timão foi para cima e passou a criar mais oportunidades. Em uma delas, aos 38 minutos do segundo tempo, Willian colocou uma bola na medida para Róger Guedes, que cortou para dentro e encheou o pé no canto esquerdo do goleiro João Ricardo. Foi o primeiro gol de Guedes pelo Corinthians fora de casa e que colocou o atleta na artilharia do clube no Brasileirão, ao lado de Jô, com sete tentos anotados. 

RESPOSTA RÁPIDA E LEI DO EX DO CEARÁ

Mas a resposta do Ceará foi rápida e precisa. Três minutos após sofrer o tento, o Vozão se lançou ao ataque e o lateral Igor cruzou na medida para Yony González cabecear e contar com nova ajuda de Cássio, que tocou na bola mas não conseguiu defender. Foi mais um caso de 'Lei do Ex', já que o atacante colombiano defendeu o Timão na temporada passada. 

FICHA TÉCNICA
CEARÁ X CORINTHIANS - 35ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)
Data e Hora: 25 de novembro de 2021, às 20h
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Assistentes: Fabricio Viladinho da Silva (GO) e Sdimar dos Santos Meurer (PR)
Árbitro de Vídeo: Leone Carvalho Costa (GO)
Público e renda:
Cartões amarelos: Fernando Sobral (Ceará); Cássio, Fagner, Gabriel e Du Queiroz (Corinthians)
Cartões vermelhos:
Gols: 1-0 Vina (5'/1T); 1-1 Róger Guedes (38'/2T)/ 2-1 Yony González (41'/2T)

CEARÁ

João RIcardo; Igor, Luis Otávio, Gabriel Lacerda e Bruno Pacheco; Fabinho, Fernando Sobral, Vina (Jorginho, 6'/2T) e Lima (Rick, 18'/2T); Mendoza e Jael (Yonny González, 18'/2T). Técnico Tiago Nunes. 

CORINTHIANS

Cássio; Fagner (João Pedro, 37'/2T), João Victor, Gil e Lucas Piton; Gabriel; (Vitinho, 37'/2T) Gabriel Pereira (Gustavo Mosquito, 23'/2T), Du Queiroz (Willian, 12'/2T), Luan (Renato Augusto, 12'/2T) e Róger Guedes; Jô. Técnico: Sylvinho

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários